Mercado abrirá em 5 h 22 min
  • BOVESPA

    108.376,35
    -737,80 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.006,11
    +197,55 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,85
    -1,65 (-2,10%)
     
  • OURO

    1.625,80
    -10,40 (-0,64%)
     
  • BTC-USD

    18.748,67
    -1.500,47 (-7,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    428,81
    -30,32 (-6,60%)
     
  • S&P500

    3.647,29
    -7,75 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    29.134,99
    -125,82 (-0,43%)
     
  • FTSE

    6.863,31
    -121,28 (-1,74%)
     
  • HANG SENG

    17.249,89
    -610,42 (-3,42%)
     
  • NIKKEI

    26.173,98
    -397,89 (-1,50%)
     
  • NASDAQ

    11.204,25
    -129,50 (-1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1186
    -0,0413 (-0,80%)
     

Produção industrial da zona do euro foi muito mais fraca do que o esperado em julho

Fábrica de alumínio em Larissa, Grécia

BRUXELAS(Reuters) - A produção industrial da zona do euro foi muito mais fraca do que o esperado em julho, mostraram dados nesta quarta-feira, principalmente por causa de uma queda acentuada na produção de bens de capital, usados na fabricação de produtos acabados e que refletem o investimento empresarial.

O escritório de estatísticas da União Europeia, Eurostat, disse que a produção industrial nos 19 países que compartilham o euro caiu 2,3% em julho em relação ao mês anterior, com queda de 2,4% em relação ao mesmo mês de 2021.

Economistas consultados pela Reuters esperavam uma queda mensal de 1,0% e um aumento de 0,4% na comparação anual.

Os dados do Eurostat mostraram que a produção de bens de capital, que normalmente incluem máquinas, equipamentos e ferramentas e são usados para fabricar produtos finais, caiu 4,2% em julho em relação a junho, com retração de 5,4% em relação ao ano anterior.

(Reportagem de Jan Srupczewski)