Mercado fechará em 1 h 55 min

Produção industrial da Argentina recua em novembro

Caio Rinaldi

A atividade recuou 4,5% no período; o setor automotivo e de peças veiculares sofreu o maior tombo, com queda de 23,8%, segundo o Indec A produção industrial da Argentina recuou 4,5% em novembro do ano passado, em comparação a igual mês de 2018, relatou nesta quarta-feira (8) o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec).

Em comparação ao mês anterior, com ajuste sazonal, houve retração de 3,3%, enquanto que no acumulado de janeiro a novembro foi verificada queda de 6,9% da atividade, em relação ao mesmo período equivalente do ano anterior.

O setor automotivo e de peças veiculares sofreu o maior tombo, com queda de 23,8% em novembro, na avaliação interanual, e recuo de 24,5% no acumulado de 2019 até o décimo primeiro mês. Já o refino de petróleo teve queda mais modesta, de 1,3% ante novembro de 2018 e de 5,1% no acumulado de 2019.

A Construção Civil, por sua vez, cedeu 5,2% em novembro ante o mesmo mês de 2018 — no acumulado de janeiro a novembro do ano passado a atividade recuou 8,0% ante a performance do mesmo período de 2018. Na série com ajuste sazonal, houve alta de 1,2% em novembro na comparação com outubro, relatou o Indec.