Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.376,35
    -737,80 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.006,11
    +197,55 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,40
    -0,10 (-0,13%)
     
  • OURO

    1.637,30
    +1,10 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    19.104,47
    -30,02 (-0,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    436,57
    -22,57 (-4,92%)
     
  • S&P500

    3.647,29
    -7,75 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    29.134,99
    -125,82 (-0,43%)
     
  • FTSE

    6.984,59
    -36,36 (-0,52%)
     
  • HANG SENG

    17.860,31
    +5,17 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.365,00
    +31,25 (+0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1399
    -0,0395 (-0,76%)
     

Produção de chocolate no Brasil cresce 11% no 1º semestre, diz associação

Produção de chocolate no Brasil

(Reuters) - A produção de chocolate no Brasil, quinto maior mercado mundial para o produto, aumentou 11,43% no primeiro semestre de 2022 em comparação com o mesmo período do ano anterior, informou nesta quinta-feira a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab).

As indústrias de chocolate na maior economia da América Latina produziram 370.000 toneladas do produto de janeiro a junho, em comparação com 332.000 toneladas no primeiro semestre de 2021, disse a Abicap, citando dados coletados pela consultoria KPMG.

O presidente da Abicap, Ubiracy Fonseca, disse que os números confirmam uma recuperação do setor após a pandemia de coronavírus.

Ele também disse que a diversificação na linha de produtos ajudou as empresas a aumentar as vendas.

A AIPC, outro grupo industrial que representa os processadores de cacau, estima que a moagem brasileira de cacau aumentou 8,4% em agosto, para 19.693 toneladas.

(Por Marcelo Teixeira)