Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.564,44
    +1.852,44 (+1,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.399,80
    +71,60 (+0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,45
    -0,18 (-0,27%)
     
  • OURO

    1.786,00
    +1,70 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    56.949,54
    +2.131,09 (+3,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.463,27
    +57,96 (+4,12%)
     
  • S&P500

    4.167,59
    +2,93 (+0,07%)
     
  • DOW JONES

    34.230,34
    +97,31 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.039,30
    +116,13 (+1,68%)
     
  • HANG SENG

    28.417,98
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    29.344,49
    +531,86 (+1,85%)
     
  • NASDAQ

    13.517,25
    +26,25 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4274
    +0,0005 (+0,01%)
     

Procura por DOGE causa pane em exchange brasileira: ‘alto número de acessos’

Anderson Mendes
·2 minuto de leitura

Em comunicado a clientes nesta sexta-feira (16), a exchange brasileira NovaDAX informou que enfrenta instabilidade na plataforma devido ao alto número de acessos.

À reportagem, a assessoria de imprensa da corretora confirmou que o pico inesperado se deve à grande demanda pela Dogecoin (DOGE). A NovaDAX informou que o volume de transações envolvendo a criptomoeda foi 247% acima do normal.

No Twitter, clientes se queixaram da falta de estabilidade para negociar em meio à alta da criptomoeda. Usuários reclamaram da impossibilidade de acessar saldos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Outros levaram a situação na esportiva. Um cliente da exchange lembrou que outro momento de instabilidade no passado o teria feito deixar o saldo na carteira, lucrando com o movimento de alta recente.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Já em grupos da DOGE no Telegram, alguns chegam a brincar com a incapacidade de vender a criptomoeda na alta por conta da pane na corretora. “Já estou achando que e só a NovaDAX que faz essa moeda subir

��
��
��
��
��
��

”, ironiza um dos usuários.

DOGE causa euforia no mercado

Devido à alta recente, a procura por Dogecoin disparou no mercado de criptomoedas, inclusive no Brasil. Além disso, houve aumento de comentários sobre o ativo em redes sociais, sites de buscas e em fóruns da internet.

Segundo o agregador CoinGecko, a DOGE subiu mais de 160% apenas nas últimas 24 horas. A valorização do ativo nos últimos sete dias supera os 450%.

Isso ajuda a atender a grande euforia do mercado pela criptomoeda, que teria sido a principal responsável por desestabilizar a NovaDAX nesta sexta. A exchange, no entanto, não informa valores absolutos do volume de negociações.

A corretora alega que já identificou o problema nos seus sistemas e que está trabalhando para restaurar o funcionamento o mais rápido possível. Algo similar aconteceu em fevereiro, mas relacionado à operação do Pix, sistema de pagamentos do Banco Central que afetou a Binance nesta semana.

Problemas técnicos em grandes altas do mercado não são exclusividade de exchanges brasileiras. Na quinta-feira (15), a plataforma de trade Robinhood alegou instabilidade em seu sistema devido à grande demanda de seus usuários por trade de criptomoedas – de novo, possivelmente um episódio relacionado à DOGE.

O artigo Procura por DOGE causa pane em exchange brasileira: ‘alto número de acessos’ foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.