Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.294,68
    +997,55 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.329,84
    +826,13 (+1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,99
    -0,16 (-0,25%)
     
  • OURO

    1.735,50
    -0,80 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    62.831,01
    -603,44 (-0,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.366,24
    -9,54 (-0,69%)
     
  • S&P500

    4.124,66
    -16,93 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    33.730,89
    +53,62 (+0,16%)
     
  • FTSE

    6.939,58
    +49,09 (+0,71%)
     
  • HANG SENG

    28.705,92
    -194,91 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    29.656,35
    +35,36 (+0,12%)
     
  • NASDAQ

    13.805,75
    +7,00 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7743
    +0,0014 (+0,02%)
     

Procura das empresas por crédito cresce 12,7% em fevereiro

Daniel Mello - Repórter da Agência Brasil
·1 minuto de leitura

As solicitações de crédito feitas por empresas cresceram 12,7% em fevereiro na comparação com o mesmo mês de 2020, segundo levantamento divulgado hoje (25) pela Serasa Experian. O comércio foi o setor que mais buscou empréstimos, com uma alta de 15,5% na busca por recursos.

As empresas estão tomando crédito para manter o funcionamento dos negócios durante a crise gerada pela pandemia de covid-19, explica o economista da Serasa, Luiz Rabi. “A tomada de crédito com finalidade de manter o negócio produzindo ou vendendo contribuiu com a alta em todos os segmentos”, enfatiza.

Por isso, a alta é maior no comércio, setor mais afetado pelas medidas de isolamento social. “O destaque de crescimento para o comércio pode ser atribuído ao fato de que essa área, junto a de serviços, foi uma das mais afetadas financeiramente desde que a pandemia se instalou no país”, acrescenta o economista.

O crescimento da procura por crédito foi maior na Região Nordeste (14,3%), seguida pela Sul (13,5%), Sudeste (12,6%), Centro-Oeste (10,9%) e Norte (9,9%).