Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.582,39
    +538,60 (+2,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Procon-SP notifica Gol após desaparecimento de cachorra durante viagem

·2 min de leitura
A plane of Brazilian low-cost airline Gol remains parked on the tarmac at Tom Jobim International Airport, better known as Galeao International Airport, in Rio de Janeiro, Brazil, on December 15, 2021. / AFP / Mauro PIMENTEL
Sumiço da cachorra Pandora aconteceu na terça-feira (14)

(AFP / Mauro PIMENTEL)

  • Procon-SP notifica Gol Linhas Aéreas

  • Medida foi tomada após desaparecimento de cachorra durante uma viagem

  • Empresa tem até o dia 28 para prestar os esclarecimentos

O Procon-SP notificou a Gol Linhas Aéreas após o caso em que uma cachorra sumiu durante uma escala em Guarulhos. O dono da cadela, chamada Pandora, viajava de Recife (PE) a Navegantes (SC).

A empresa deverá esclarecer os motivos que levaram ao acidente e detalhar o procedimento adotado no transporte de animais até que eles cheguem a seus destinos, além de explicar quais medidas toma quando alguma irregularidade acontece.

Leia também:

O Procon-SP também pede que a Gol apresente quais orientações dá aos clientes quando eles contratam os serviços e que detalhe os custos envolvidos.

A Gol tem até o dia 28 de dezembro para prestar os esclarecimentos.

O caso

O sumiço de Pandora aconteceu na terça-feira (14). Desde então, Reinaldo Gomes, que trabalhava como garçom em Recife e planejava se mudar para a Suíça, acorda cedo todos os dias para distribuir panfletos pela cidade à procura do pet, jornada que vai até às 22h.

“Estava tudo pronto para eu viajar, mas faltava a documentação da Pandora. Eu não vou a lugar nenhum sem a minha filha, não vou nem a churrasco, festa sem ela, meus amigos já sabem: aonde eu vou, ela está. Estou desolado, porque não imagino minha vida sem ela”, disse ao portal O Globo.

Reinaldo registrou Boletim de Ocorrência e contará com a ajuda de um delegado para solicitar imagens de câmeras de segurança do aeroporto. Segundo ele, a Gol informou que não há imagens da cadela, porque as câmeras estariam viradas para o lado oposto em que ela passou.

Em nota, a empresa informou que as imagens mostram que “ela fugiu pelo pátio, invadiu o Terminal de Cargas do aeroporto, seguiu sentido a rodovia Hélio Smidt, mas depois não foi mais vista”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos