Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.700,67
    +405,99 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.514,10
    +184,26 (+0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,37
    -0,09 (-0,14%)
     
  • OURO

    1.765,30
    -1,50 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    63.485,41
    +412,45 (+0,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.403,34
    +22,40 (+1,62%)
     
  • S&P500

    4.170,42
    +45,76 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    34.035,99
    +305,10 (+0,90%)
     
  • FTSE

    6.983,50
    +43,92 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    28.793,14
    -107,69 (-0,37%)
     
  • NIKKEI

    29.710,20
    +67,51 (+0,23%)
     
  • NASDAQ

    13.992,50
    -21,50 (-0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7145
    -0,0066 (-0,10%)
     

Procon-SP notifica Facebook por suposto vazamento de dados de usuários

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Procon-SP disse nesta terça-feira (6) que notificou o Facebook por um suposto vazamento de dados de 500 milhões de usuários da plataforma. De acordo com o órgão, a empresa de tecnologia deverá prestar esclarecimentos e confirmar até sexta-feira (9) se de fato ocorreu a divulgação de informações pessoais como números de telefone, datas de nascimento e e-mail em um fórum virtual de hackers. Segundo o Procon-SP, caso confirme o incidente, o Facebook deverá esclarecer ao órgão de defesa do consumidor quais medidas de segurança foram tomadas para evitar a exposição de informações pessoais. A empresa terá, ainda, que explicar como irá reparar os usuários brasileiros por danos decorrentes do possível vazamento. O pedido foi feito com base no Código de Defesa do Consumidor e na LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), em vigor desde setembro do ano passado. A LGPD estabelece regras sobre o tratamento e armazenamento de dados pessoais e protege os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade. Procurado, o Facebook afirmou que não foi notificado.