Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    61.572,68
    +2.564,83 (+4,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Procon-SP notifica Apple, Motorola e Samsung após ação de quadrilha

·1 minuto de leitura
A Samsung logo and a logo of Apple are seen in this September 23, 2014 illustration photo in Sarajevo.  REUTERS/Dado Ruvic (BOSNIA AND HERZEGOVINA  - Tags: BUSINESS TELECOMS)
Empresas de tecnologia precisarão passar informações devido a ações de quadrilhas que roubam celulares para acessar dados e aplicativos de bancos (Dado Ruvic/Reuters)
  • Procon-SP notifica Samsung, Morola e Apple

  • Empresas precisarão dar informações técnicas sobre meios de segurança adotados em aparelhos

  • Motivo é ação de quadrilha

O Procon-SP notificou nesta quinta-feira (17) a Samsung, Motorola e a Apple para que as empresas deem explicações técnicas e financeiras sobre elas sobre dispositivos de segurança para desbloqueio e acesso a informações disponíveis nos aparelhos. As companhias têm até 22 de junho para responder.

Leia também:

O órgão tomou essa medida com base em notícias de que quadrilhas estão roubando smartphones para ter acesso a aplicativos de instituições financeiras e fazer transferências para outras contas. 

Informações necessárias

Na notificação, o Procon-SP pede informações como laudos técnicos sobre segurança e acesso a informações, armazenamento de dados e cobrança por serviços de segurança. 

Além disso, as companhias também devem compartilhar dados sobre sistemas de bloqueio, exclusão de dados feita remotamente e rastreamento. Os serviços são usados por quem é assaltado ou furtado. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos