Mercado abrirá em 9 h 37 min
  • BOVESPA

    112.282,28
    +2.032,55 (+1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.338,34
    +510,21 (+1,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,36
    +0,13 (+0,18%)
     
  • OURO

    1.763,70
    -15,10 (-0,85%)
     
  • BTC-USD

    43.914,42
    +1.641,64 (+3,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.105,21
    +64,73 (+6,22%)
     
  • S&P500

    4.395,64
    +41,45 (+0,95%)
     
  • DOW JONES

    34.258,32
    +338,48 (+1,00%)
     
  • FTSE

    7.083,37
    +102,39 (+1,47%)
     
  • HANG SENG

    24.447,11
    +225,57 (+0,93%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.191,00
    +27,50 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2136
    +0,0048 (+0,08%)
     

Procon-SP cobra esclarecimentos de bancos e fintechs sobre golpe do boleto

·2 minuto de leitura

O Procon-SP notificou na sexta-feira (3) várias instituições financeiras e bancos atuantes no Brasil sobre o recente aumento nas ocorrências do "golpe do boleto", crime virtual que vem fazendo vítimas com o auxilio de informações coletadas em recentes vazamentos de dados da população.

Segundo um Relatório de Vazamentos de Dados publicado pela empresa Axur Segurança Cibernética, os primeiros meses de 2021 testemunharam um crescimento de 785% no vazamento de dados em relação ao mesmo período de 2020. O novo golpe do boleto se aproveita disso para oferecer a renegociação de supostas dívidas através de sites falsos criados de forma convincente.

Com dados como o nome completo, CPF e número de telefone da vítima, os criminosos enviam mensagens a vítimas em potencial oferecendo a renegociação de uma dívida ou até mesmo desconto em um pagamento à vista da fatura do cartão. Quando o usuário clica no link presente na notificação, ele é redirecionado para páginas que simulam fielmente o layout de bancos, tornando mais crível que a proposta é real. Com isso, a emissão do boleto falso é realizada e as vítimas acabam perdendo dinheiro e tendo que correr atrás de formas de se recuperar dos danos.

Procon-SP cobra esclarecimentos

A notificação enviada pelo Procon-SP para os bancos e associações financeiras, que deve ser respondida em 72 horas a partir do dia 8 de setembro, pede para que as instituições acionadas respondam quais são os mecanismo de segurança existentes para que consumidores possam consultar a autenticidade dos boletos emitidos. Ela também questiona se existem outras medidas e planos de ação sendo desenvolvidos para poder frear a incidência dos casos do novo golpe do boleto.

Por fim, a notificação ainda exige que os bancos prestem esclarecimentos sobre as medidas tomadas sempre que a identificação de uma fraude ocorre, tanto de forma individual quanto coletiva.

A lista das instituições notificadas pelo Procon-SP é a seguinte:

  • Febraban – Federação Brasileira de Bancos

  • ABFintechs – Associação Brasileira de Fintechs

  • ACREFI – Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento

  • ABECS – Conselho de Ética e Autorregulação da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços

  • Banco do Brasil

  • Bradesco

  • CEF

  • Itaú

  • Santander

  • Nubank

  • Banco Pan

  • Banco Inter

  • BMG

  • Neon Pagamentos S/A

  • C6 Bank

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos