Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    55.148,90
    +825,20 (+1,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Procon-RJ notifica companhias aéreas que ofertam voos para Montevidéu, cidade-sede da final da Copa Libertadores

·1 min de leitura

RIO — A Secretaria Estadual de Defesa do Consumidor solicitou ao Procon Estadual do Rio de Janeiro que apurasse junto as companhias aéreas Gol, Latam, Azul e Copa Airlines sobre o aumento dos valores das passagens aéreas ofertadas com destino à Montevidéu, localizada no Uruguai, cidade onde será disputada a final da Copa Libertadores.

A autarquia está iniciando procedimento para apurar possíveis infrações ao Código de Defesa do Consumidor (CDC) nas eventuais oscilações dos valores dos bilhetes aéreos. O ofício foi enviado por solicitação do secretário estadual de defesa do consumidor, Léo Vieira.

As empresas deverão apresentar, ao Procon-RJ, documentação detalhada que demonstre os valores das passagens aéreas ofertadas para embarque no Rio de Janeiro com destino à Montevidéu (Uruguai); e embarque de Montevidéu (Uruguai) com desembarque no Rio de Janeiro, durante o período de 21 de setembro de 2021 a 28 de novembro de 2021.

As companhias aéreas deverão comprovar ainda as medidas adotas para suporte ao aumento da demanda para a referida rota, em função da partida final da Copa Libertadores, o serviço de atendimento prestado aos consumidores e também os cuidados sanitários de prevenção à COVID-19.

“A ordem econômica deve velar a proteção à livre iniciativa, o livre exercício de atividade econômica, a liberdade tarifária na prestação de serviços aéreos, sem esquecer o atendimento das necessidades dos consumidores e a harmonia nas relações de consumo” observou o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

Gol, Latam, Azul e Copa Airlines têm o prazo de dez dias, a contar do recebimento da notificação, para responder a notificação do Procon-RJ.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos