Mercado abrirá em 2 h 5 min
  • BOVESPA

    107.005,22
    +758,07 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,91
    +895,88 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,44
    +0,23 (+0,20%)
     
  • OURO

    1.842,50
    +1,30 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    30.297,41
    +1.159,15 (+3,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    676,11
    +23,88 (+3,66%)
     
  • S&P500

    3.900,79
    -22,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.253,13
    -236,94 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.434,87
    +132,13 (+1,81%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    12.055,50
    +177,25 (+1,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1807
    -0,0381 (-0,73%)
     

Procon identifica aumento de 74% no preço de testes de Covid

·1 min de leitura
Medical worker wearing personal protective equipment doing corona virus swab on female patient - Covid19 test and health care concept
A ação aconteceu em dez cidades

(Getty Images)

  • Procon-RJ identifica aumento nos preços de teste de Covid-19;

  • Entidade fiscalizou 33 estabelecimentos na última terça-feira (25)

  • Ação visa combater valores abusivos.

O Procon-RJ identificou, em uma drogaria na Barra de Piraí (RJ), um aumento de 74% no valor do teste de Covid-19 em menos de um mês. O exame de antígeno passou de R$ 80 para R$ 139 em janeiro, devido à alta procura.

Leia também:

O estabelecimento é um dos 33 que foram fiscalizados na última terça-feira (25). Farmácias, laboratórios, clínicas e distribuidoras, de dez municípios diferentes, receberam a visita de representantes da entidade. A ação visa identificar aumento abusivo de preço nos exames de Covid-19 e Influenza.

De acordo com o Procon-RJ, os demais locais não comprovaram, no momento da fiscalização, quais preços estavam sendo praticados anteriormente. Ainda assim, deverão apresentar toda a documentação que comprove os valores cobrados desde outubro de 2021, para que seja possível analisar se houve, de fato, cobranças abusivas.

A ação aconteceu nas seguintes cidades: Rio de Janeiro, São Gonçalo, Maricá, Belford Roxo, Duque de Caxias, Cabo Frio, Macaé, Barra do Piraí, Campos dos Goytacazes e Nova Friburgo.

Outras demandas

O Procon-RJ ainda solicitou que os estabelecimentos informem quais os prazos dados aos consumidores no momento do exame, se tais datas estão sendo cumpridas e quais medidas foram tomadas para atender à alta demanda de forma satisfatória.

Além disso, é preciso dizer se há diferença nos preços cobrados pelos testes entre uma região e outra e quais os valores de custo dos exames.

Esta não é a primeira ação de fiscalização do Procon-RJ no que diz respeito aos testes de Covid-19. Na segunda-feira (17), a entidade notificou 15 laboratórios após perceber um aumento nos preços.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos