Mercado abrirá em 4 h 12 min
  • BOVESPA

    121.801,21
    -1.775,35 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.195,43
    -438,48 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,83
    -0,32 (-0,47%)
     
  • OURO

    1.811,30
    -3,20 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    38.759,43
    +1.083,65 (+2,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    960,26
    +33,49 (+3,61%)
     
  • S&P500

    4.402,66
    -20,49 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.792,67
    -323,73 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.122,12
    -1,74 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.090,75
    +17,25 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1463
    +0,0280 (+0,46%)
     

Procon lista 400 sites não confiáveis para passar longe na Black Friday

É preciso dobrar a atenção em tempos de Black Friday (Foto:Getty Images)
É preciso dobrar a atenção em tempos de Black Friday (Foto:Getty Images)

Às vésperas da Black Friday, que acontece no Brasil no próximo dia 29 de novembro, o Procon de São Paulo divulgou um ranking com mais 400 sites de compras que foram reprovados pelos consumidores, segundo o portal Catraca Livre.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

Segundo a lista do Procon, das 419 empresas registradas no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) ou Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), mais de 250 estão com o endereço eletrônico fora do ar e 167 têm sites ativos.

Leia também

Entre as queixas registradas estão mudança de preço ao finalizar a compra, casos em que o produto ou o serviço oferecido não estavam disponíveis no estoque da loja virtual.

Além disso, alguns consumidores relataram que não receberam uma resposta da empresa.

Clique aqui para conferir a lista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos