Mercado fechado

Procon quer que GP do Brasil de F1 libere entrada de alimentos

JOANA CUNHA
SÃO PAULO, SP, 14.11.2019 – GP-BRASIL: Preparativos para o Grande Prêmio de Fórmula 1 no Brasil, que será realizado no Autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo, neste domingo (17). (Foto: Paulo Lopes/BW Press/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Procon-SP notificou na quarta-feira (13) a empresa responsável pelo Grande Prêmio do Brasil de F-1 para permitir a entrada de alimentos no evento no autódromo de Interlagos no domingo (17).

A recomendação da fundação é que sejam proibidas apenas as comidas cujas embalagens apresentem risco à segurança do consumidor.

"Não permitir que as pessoas consumam alimentos comprados fora do evento sem justificativa compatível com o resguardo da segurança e saúde dos consumidores pode configurar prática abusiva", afirma nota do Procon-SP.

Segundo a fundação, a empresa será fiscalizada caso não seguir a orientação apresentada.