Mercado abrirá em 3 h 31 min
  • BOVESPA

    110.580,79
    +234,97 (+0,21%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.304,04
    -72,85 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,93
    +1,16 (+1,06%)
     
  • OURO

    1.856,30
    -9,10 (-0,49%)
     
  • BTC-USD

    29.741,51
    +457,33 (+1,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    661,42
    +5,59 (+0,85%)
     
  • S&P500

    3.941,48
    -32,27 (-0,81%)
     
  • DOW JONES

    31.928,62
    +48,38 (+0,15%)
     
  • FTSE

    7.505,01
    +20,66 (+0,28%)
     
  • HANG SENG

    20.171,27
    +59,17 (+0,29%)
     
  • NIKKEI

    26.677,80
    -70,34 (-0,26%)
     
  • NASDAQ

    11.754,75
    -16,25 (-0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1548
    -0,0174 (-0,34%)
     

Procon notifica Amazon pelo reajuste no preço da assinatura

Amazon Prime: Aumento de 50% no valor da assinatura chamou atenção do órgão de proteção ao consumidor (Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
Amazon Prime: Aumento de 50% no valor da assinatura chamou atenção do órgão de proteção ao consumidor (Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
  • Aumento de 50% no valor da assinatura chamou atenção do órgão;

  • Amazon afirmou que pretende reinvestir a receita obtida em novas produções;

  • Novo valor passa a valer a partir do dia 20 deste mês.

O órgão de proteção ao consumidor do Estado do Rio de Janeiro, Procon-RJ, notificou a Amazon pelo aumento de 50% no valor da assinatura mensal do serviço Prime, que possui entre seu portfólio o Prime Video, serviço de streaming da empresa. A partir do dia 20 deste mês, o plano mensal do pacote passará de R$ 9,90 para R$ 14,90, o que representa um aumento de 50,5%. Já o plano atual passa de R$ 89 para R$ 119, um aumento de "apenas" 33%.

A empresa terá cinco dias para prestar explicações quanto aos motivos do aumento, quantos assinantes ativos possui (com detalhes do planos escolhidos), como os consumidores serão informados do aumento na conta, quais os custos para implementar a mudança.

O órgão também pede o comparativo da receita prevista para o próximo ano, além de querer saber se os assinantes poderão cancelar o serviço caso se opusessem ao aumento e, no caso dos assinantes anuais, se será reembolsado o valor proporcional aos meses não consumidos. Para quem já possui um plano ativo, a mudança só passará a valer a partir do dia 24 de junho.

Em comunicado oficial, a Amazon afirmou que o aumento dos planos de assinatura tem como objetivo custear a criação de conteúdos originais, além de ampliar o catálogo oferecido pela empresa. A plataforma também ressaltou que seus planos se mantiveram inalterados desde o lançamento do serviço de streaming no Brasil em 2019.

"O programa tem o mesmo preço desde que foi lançado em 2019, mesmo com todos os investimentos para tornar o Amazon Prime cada vez mais valioso para nossos membros no Brasil. Com a expansão dos benefícios e aumento de custos operacionais gerais, aumentaremos em 20 de maio de 2022 o preço da mensalidade", disse a empresa em comunicado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos