Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,72
    +0,36 (+0,50%)
     
  • OURO

    1.784,70
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    50.405,41
    -95,24 (-0,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.320,29
    +15,18 (+1,16%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    24.264,61
    +267,74 (+1,12%)
     
  • NIKKEI

    28.838,55
    -22,07 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    16.388,50
    -3,75 (-0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2777
    +0,0036 (+0,06%)
     

Problemas de som do iPhone 12 são resolvidos gratuitamente pela Apple

·2 min de leitura

Toda fabricante se esforça para lançar celulares sem defeitos de fábrica, mas isso nem sempre é possível. A Apple viu dificuldades no sistema de som de alguns iPhone 12, o que a pressionou a promover um programa de reparos mais amplo que o fornecido com a garantia de 12 meses.

Assim, usuários donos de um iPhone 12 ou iPhone 12 Pro, que notarem ausência de som no alto-falante integrado, podem procurar a empresa para conserto gratuito — mesmo após o primeiro ano da garantia.

iPhone 12 Pro também sofre com problemas no alto-falante (Imagem: Daniel Romero/Unsplash)
iPhone 12 Pro também sofre com problemas no alto-falante (Imagem: Daniel Romero/Unsplash)

É necessário, porém, que ele não tenha sido comprado há mais de 24 meses. Ou seja, todo smartphone da linha ainda é elegível, mas não estarão mais cobertos a partir do segundo semestre de 2022.

O procedimento envolve a procura por um Centro de Serviço Autorizado Apple (AASP), uma Apple Store (no Rio de Janeiro e São Paulo), ou envio por remessa após contato com o suporte online da empresa.

Todo modelo é analisado pelos técnicos credenciados, que podem aprovar ou negar o reparo. A Apple explica que se o iPhone 12 estiver com outros problemas evidentes, como tela quebrada ou amassados, pode ser necessário resolver estes antes — com a possibilidade de cobrança.

iPhone 12 Mini e iPhone 12 Pro Max de fora

Como a empresa não observou reclamações de usuários com os iPhone 12 Mini e iPhone 12 Pro Max, estes não fazem parte do programa especial de reparo, e seus defeitos de fabricação deverão ser alertados à empresa o mais rápido possível para o usuário enfrentar menos burocracia para reparos, nos 12 meses de garantia obrigatória.

Vale lembrar que em caso de vício oculto, porém, o usuário tem o direito de buscar assistência mesmo após a garantia legal — portanto que o faça no prazo de 90 dias após a constatação do defeito possivelmente de fábrica.

Por último, cabe destacar que a Apple possui outros programas de reparo extraordinários. É o caso do problema de tela que afeta modelos do iPhone 11, e também das falhas ocasionais dos AirPods Pro. Todos os serviços disponíveis podem ser consultados aqui.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos