Mercado abrirá em 7 h 9 min
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,67
    +1,10 (+1,00%)
     
  • OURO

    1.826,80
    +2,00 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    20.781,40
    -414,40 (-1,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    452,04
    -9,76 (-2,11%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.150,35
    -79,17 (-0,36%)
     
  • NIKKEI

    26.962,29
    +91,02 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    12.052,25
    +11,75 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5405
    -0,0036 (-0,06%)
     

Privatização da Petrobras não tem prazo para ser enviada ao Congresso, diz governo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO*** CABO FRIO, RJ, BRASIL, 26-09-2012 -  Logo da empresa Petrobras.  (Foto: Daniel Marenco/Folhapress)
***ARQUIVO*** CABO FRIO, RJ, BRASIL, 26-09-2012 - Logo da empresa Petrobras. (Foto: Daniel Marenco/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O órgão do governo federal responsável por firmar parcerias com a iniciativa privada informou nesta quinta-feira (2) que não há prazo para envio ao Congresso Nacional de um projeto que viabilize a privatização da Petrobras.

O PPI (Programa de Parcerias de Investimentos) aprovou a recomendação ao chefe do Executivo para que sejam iniciados os estudos para venda da estatal petrolífera.

O secretário do programa, Bruno Leal, afirmou que o próximo passo para a evolução do tema é a publicação de um decreto por Bolsonaro com dois objetivos: incluir a Petrobras na carta do PPI e instituir um comitê formado pelos ministérios da Economia e de Minas e Energia para conduzir os estudos.

A ideia é que esse colegiado seja responsável por elaborar a proposta a ser encaminhada ao Congresso Nacional para autorizar a privatização da Petrobras.

Leal disse que é necessário o aval do Congresso devido à Lei do Programa Nacional de Desestatização, que não permite a venda da estatal petrolífera. Ele afirmou, no entanto, que não há prazo para publicação do decreto de Bolsonaro, tampouco para envio da proposta ao Congresso.

"Ficará a cargo deste comitê analisar medidas que serão realizadas no âmbito do Executivo para poder fazer a proposição legislativa", afirmou.

Em relação à PPSA (Pré-Sal Petróleo S.A), o Secretário Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord, disse que também é necessária aprovação de projeto no Legislativo para autorizar a venda dos contratos de exploração do pré-sal à iniciativa privada.

"É importante deixar claro que a empresa em si, a princípio, não tem valor. Estamos falando de contrato de regime de partilha, que é o ativo que pertence ao governo federal. Então, como isso vai acontecer exatamente será fruto de estudos que vão ser feitos a partir do comitê interministerial", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos