Mercado fechará em 6 h 50 min

Prisão de Sara Winter gera protesto na porta da PF em Brasília

Sara Winter filmando protesto no dia 13 de junho (Andressa Anholete/Getty Images)

Após a prisão da ativista Sara Winter, líder do movimento bolsonarista “300 do Brasil”, um grupo de manifestantes foi até a sede da Superintendência da Polícia Federal no Distrito Federal nesta segunda (15), carregando faixas de apoio ao grupo.

De acordo com o jornal Estado de São Paulo, em alusão ao ataque ao Supremo Tribunal Federal (STF) na noite de sábado (13), um dos manifestantes soltou fogos de artifício em direção ao prédio da PF. O grupo também carregava uma faixa com a hashtag Sara Livre.

Leia também

Sara Winter foi uma das seis pessoas do grupo “300 do Brasil” que teve mandados de prisão expedidos após ordem do ministro Alexandre de Moraes, a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR). A razão são os constantes ataques e ameaças aos membros do Supremo, com base na Lei de Segurança Nacional.

A decisão pelas prisões aconteceu após o STF e a PGR avaliarem que os responsáveis pelas investigações contra o grupo na primeira instância estavam demorando demais para agir contra Winter e companhia.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.