Mercado abrirá em 48 mins
  • BOVESPA

    108.782,15
    -194,55 (-0,18%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.081,33
    -587,31 (-1,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,22
    +1,98 (+2,56%)
     
  • OURO

    1.769,90
    +14,60 (+0,83%)
     
  • BTC-USD

    16.506,64
    +294,38 (+1,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    389,83
    +9,54 (+2,51%)
     
  • S&P500

    3.963,94
    -62,18 (-1,54%)
     
  • DOW JONES

    33.849,46
    -497,57 (-1,45%)
     
  • FTSE

    7.521,89
    +47,87 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    18.204,68
    +906,74 (+5,24%)
     
  • NIKKEI

    28.027,84
    -134,99 (-0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.673,00
    +56,75 (+0,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5633
    +0,0141 (+0,25%)
     

Prio registra lucro líquido de US$154 mi no 3º tri

Barris de petróleo em miniatura 3D

(Reuters) - A Prio registrou um lucro líquido de 154 milhões de dólares no terceiro trimestre deste ano, ante 23,9 milhões de dólares no mesmo período do ano passado, com impulso de um aumento da produção, diante avanços na revitalização do campo de Frade, informou a companhia nesta segunda-feira.

A petroleira teve uma receita líquida recorde de 378 milhões de dólares entre julho e setembro, um aumento de 110% na comparação anual.

O Ebtida (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da companhia também foi recorde, no valor de 286 milhões de dólares ante 105 milhões de dólares no terceiro trimestre do ano passado.

O CFO da companhia, Milton Rangel, atribui os resultados principalmente à disciplina financeira e à produção, que aumentou 37% a partir da conclusão da primeira fase do Plano de Revitalização do campo de Frade, na Bacia de Campos.

"Tivemos disciplina financeira em manter o nosso custo total sob controle. O lifting cost (custo de extração por barril) no trimestre foi de 9,5 dólares por barril, o menor patamar já registrado na nossa história. Isso ajuda a fortalecer a resiliência da companhia", disse Rangel à Reuters.

A produção média de petróleo e gás da companhia somou 45,8 mil barris de óleo equivalente por dia (boed) no trimestre, ante 31,6 mil boed no mesmo período do ano passado.

O executivo destacou também outras iniciativas da empresa, como sua primeira emissão de debêntures, de 2 bilhões de reais, concluída em agosto, para investimentos em Frade.

(Por Rafaella Barros)