Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,72 (-0,84%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    35.301,74
    -1.101,37 (-3,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Primeiro voo comercial com combustível 100% renovável tem resultado promissor

·2 min de leitura

A United Airlines foi a primeira companhia aérea dos Estados Unidos a testar o combustível de aviação sustentável e 100% renovável, o SAF. O novíssimo Boeing 737 Max 8 adquirido pela empresa foi o avião utilizado para a rota entre Chicago e Washington, que trouxe resultados promissores nos níveis de emissão.

Segundo a United, o trajeto de quase 1.000km foi feito com o avião em situação normal de operação. No exercício, cerca de 100 pessoas estavam a bordo do 737 Max, que foi abastecido do seguinte modo: um motor apenas com SAF e outro somente com querosene de aviação. Assim, a ideia era aferir melhor o nível de emissão de cada propulsor.

Ao final do teste, percebeu-se que o motor com SAF emitiu 75% menos dióxido de carbono quando comparado com o propulsor abastecido com querosene. A regra atual do FAA, órgão regulador da aviação nos EUA, prevê que os aviões que utilizarem o combustível renovável devem fazê-lo sempre misturado à querosene, com percentual de, no máximo, 50%.

Para o teste com o 737 Max, porém, a United precisou de uma autorização especial do órgão para separar os combustíveis, algo que também tem sido feito por outras empresas, como a Airbus, que já fez um exercício com um A319Neo abastecido somente com SAF.

Procedimento da United também foi o primeiro com o avião cheio de passageiros (Imagem: Divulgação/United)
Procedimento da United também foi o primeiro com o avião cheio de passageiros (Imagem: Divulgação/United)

"O voo de hoje com SAF não é apenas um marco significativo para os esforços de descarbonização de nossa indústria, mas quando combinado com o aumento nos compromissos de produção e compra de combustíveis alternativos, estamos demonstrando a forma escalável e impactante de como as empresas podem se unir e desempenhar um papel melhor nesse mercado", disse Scott Kirby, CEO da United.

A United Airlines não revelou quando deve realizar testes com o avião abastecido somente com SAF, mas isso deve ocorrer em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos