Mercado abrirá em 2 h 55 min
  • BOVESPA

    107.005,22
    +758,07 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,91
    +895,88 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,84
    -0,37 (-0,33%)
     
  • OURO

    1.844,20
    +3,00 (+0,16%)
     
  • BTC-USD

    30.272,90
    +1.252,74 (+4,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    675,59
    +23,36 (+3,58%)
     
  • S&P500

    3.900,79
    -22,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.253,13
    -236,94 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.436,13
    +133,39 (+1,83%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    12.055,75
    +177,50 (+1,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2138
    -0,0050 (-0,10%)
     

Primeiro restaurante de NFT cobra até R$ 73 mil por adesão

·1 min de leitura
Professional chef working in commercial kitchen, preparing food, serving meal, service
O empreendimento chega no primeiro semestre de 2023 a Nova York

(Getty Images)

  • Primeiro restaurante de NFT será em Nova York

  • Local funciona somente para membros; a adesão é feita por meio de NFT

  • Valor para se associar chega a R$ 72,8 mil

Os NFTs (tokens não-fungíveis) acabam de dominar mais um segmento: o alimentício. Pela primeira vez, o mundo terá um restaurante que funciona com exclusividade para membros e ingressar nesse universo restrito depende da compra de um cartão NFT.

Leia também:

O empreendimento, que chega no primeiro semestre de 2023 a Nova York, chama-se Flyfish Club e é uma criação do VCR Group, dirigido pelo empresário norte-americano Gary Vaynerchuk.

Quem pensa que tornar-se membro do local é fácil, engana-se. Uma associação regular custa, em criptomoeda, nada menos que 2,5 Ethereum, equivalentes a US$ 8 mil ou R$ 42,8 mil. O cartão dá acesso ao salão de coquetéis, ao restaurante de frutos do mar e aos eventos do clube privado.

Já quem prefere uma associação de nível superior tem que desembolsar 4,25 Ethereum, equivalentes a R$ 72,8 mil. Os que puderem pagar a quantia para aderirem ao clube têm acesso a uma sala com 14 lugares para experiências gastronômicas particulares.

De acordo com o The National News, há um número limitado de membros. Para os de associação regular, há 2.650 NFTs disponíveis; para os premium, 385. Os valores, no entanto, podem ainda ser mais altos do que os anunciados pelo restaurante, caso ganhem um mercado secundário e sejam revendidos.

Os interessados em entrar para o Flyfish Club pagam, além da taxa de adesão, o que consumirem no restaurante – mas, nesse caso, em dinheiro comum.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos