Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.556,27
    +1.328,02 (+2,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Primeiro lote da vacina da Pfizer/BioNTech deve chegar no Brasil em 29 de abril

Fidel Forato
·2 minuto de leitura

Para ampliar a vacinação contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2) no Brasil, o Ministério da Saúde espera receber o primeiro lote com doses da vacina da Pfizer/BioNTech no dia 29 deste mês. De acordo com informações da GloboNews, esta primeira remessa contará com 1 milhão de doses do imunizante contra a COVID-19.

Posteriormente, um segundo envio com mais 1 milhão de doses será feito para o país pela farmacêutica norte-americana Pfizer, conforme contrato assinado com o governo Federal. O lote do imunizante sairá da de uma das fábricas da Europa, provavelmente da Bélgica. Vale lembrar que, por aqui, a fórmula já recebeu autorização definitiva de uso da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em fevereiro.

Brasil deve receber 1 milhão de doses da vacina da Pfizer/BioNTech no dia 29 de abril (Imagem: Reprodução/Erika8213/Envato)
Brasil deve receber 1 milhão de doses da vacina da Pfizer/BioNTech no dia 29 de abril (Imagem: Reprodução/Erika8213/Envato)

No dia 29 de abril, a expectativa é que o governo Federal organize um evento para o recebimento do primeiro lote de vacinas de mRNA (RNA mensageiro) que o país receberá na pandemia da COVID-19. A previsão é que o avião desembarque no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, interior do estado de São Paulo.

Vacinas da Pfizer/BioNTech no Brasil

Além das 2 milhões de doses que foram adiantadas para o país pela farmacêutica, o Ministério da Saúde ainda prevê a entrega total de 15,5 milhões de doses do imunizante contra a COVID-19 até junho. Isso porque, no mês de março, foi assinado um contrato para a aquisição de 100 milhões de doses, conforme anunciado na época. No entanto, esta quantidade pode ser entregue até o final de 2021.

Anteriormente, o Itamaraty previa que o país receberia as primeiras 842 mil doses da vacina da Pfizer/BioNTech apenas em junho, a partir da iniciativa COVAX Facility, liderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). É importante ressaltar que a entrega do programa para o acesso igualitário de imunizantes contra o coronavírus ainda está mantida e deve somar as outras doses que o governo Federal conseguir adiantar para o Brasil.

Quanto a eficácia da vacina da Pfizer/BioNTech, estudo israelense observou 94% de eficácia contra casos sintomáticos da infecção pelo coronavírus. O estudo foi realizado pela seguradora israelense Clalit e envolveu 1,2 milhão de pessoas, sendo que 600 mil haviam recebido as duas doses do imunizante.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: