Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    114,43
    +0,23 (+0,20%)
     
  • OURO

    1.824,90
    +10,90 (+0,60%)
     
  • BTC-USD

    29.894,50
    -854,50 (-2,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    670,03
    +427,35 (+176,10%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.464,80
    +46,65 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    20.239,81
    +289,60 (+1,45%)
     
  • NIKKEI

    26.587,53
    +40,48 (+0,15%)
     
  • NASDAQ

    12.316,50
    +71,75 (+0,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2677
    -0,0128 (-0,24%)
     

Primeiro helicóptero movido a hidrogênio deve ser lançado em 2023

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O CoAX-2D, primeiro helicóptero do mundo movido a hidrogênio, pode ser lançado comercialmente já em 2023. O projeto, desenvolvido por meio de uma parceria entre a Piasecki Aircraft, dos Estados Unidos, e a edm aerotec, da Alemanha, já está em fase avançada de testes, inclusive com voos periódicos para regulamentação.

Inicialmente desenvolvido pelos alemães, duas unidades do CoAX-2D foram adquiridas pela Piasecki para a finalização do acordo entre as empresas, de modo que os estadunidenses pudessem estudar mais o produto e ajudar mais em seu desenvolvimento, transformando-o, de fato, em uma aeronave movida essencialmente a hidrogênio.

Os primeiros CoAX-2D usam uma célula de combustível de membrana de troca de prótons de alta temperatura HyPoint (HTPEM) de 80 kW. Já a Piasecki trabalha para que a aeronave seja modificada e munida de uma bateria, tanque de hidrogênio, inversor de energia, motor elétrico, controlador de computador, quatro ventiladores e um tanque de oxigênio.

Quando finalizado, o CoAX-2D deve ser ainda mais potente e com boa autonomia (Imagem: Divulgação/ edm aerotec)
Quando finalizado, o CoAX-2D deve ser ainda mais potente e com boa autonomia (Imagem: Divulgação/ edm aerotec)

Mesmo sem revelar um cronograma preciso, as empresas trabalham com a ideia de lançar o primeiro helicóptero 100% movido a hidrogênio já no ano que vem, inclusive com um lançamento comercial.

A Piasecki diz que a célula de combustível de hidrogênio pode reduzir os custos operacionais em 50% quando comparados com os helicópteros convencionais, enquanto cria o dobro da potência de um sistema padrão de bateria de íons de lítio se o parâmetro for um carro voador ou eVTOL.

O CoAX-2D

O protótipo desenvolvido pela edm aerotec tem números interessantes sob o ponto de vista técnico. Com asas rotativas feitas de material composto, ele pesa apenas 283 kgs, com peso máximo de decolagem de 450kgs ou duas pessoas. O motor tem 125cv, o suficiente para levar o CoAX-2D a uma velocidade máxima de 170 km/h (150 km/h em cruzeiro).

Não foram revelados dados como autonomia e teto operacional, mas espera-se que, quando finalizado, o projeto tenha números ainda mais impressionantes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos