Mercado abrirá em 5 h 32 min
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,35 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,71
    +0,07 (+0,10%)
     
  • OURO

    1.776,20
    +7,20 (+0,41%)
     
  • BTC-USD

    32.840,06
    -2.636,71 (-7,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    812,09
    -127,85 (-13,60%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,32 (-1,58%)
     
  • FTSE

    6.955,97
    -61,50 (-0,88%)
     
  • HANG SENG

    28.402,31
    -398,96 (-1,39%)
     
  • NIKKEI

    28.010,93
    -953,15 (-3,29%)
     
  • NASDAQ

    14.048,25
    +13,25 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0134
    -0,0227 (-0,38%)
     

Primeiro dobrável da Xiaomi tem 30 mil unidades vendidas em um minuto

·1 minuto de leitura
Mi Mix Fold é o primeiro celular dobrável da Xiaomi e é vendido em três versões (Divulgação)
Mi Mix Fold é o primeiro celular dobrável da Xiaomi e é vendido em três versões (Divulgação)
  • Xiaomi lançou o primeiro smartphone dobrável da marca, o Mi Mix Fold

  • Na última sexta (16), foram vendidos 30 mil celulares em um minuto

  • São três versões do aparelho, com preço inicial de US$ 1,5 mil

Na última sexta-feira (16), a Xiaomi vendeu em um minuto cerca de 30 mil unidades do primeiro smartphone dobrável da companhia, o Mi Mix Fold, o que gerou uma receita de US$ 61,3 milhões (RS$ 342,7 milhões) na China. Foram cerca de 500 celulares vendidos por segundo. As informações são do Olhar Digital. 

Leia também:

Desenvolvido para concorrer com o Galaxy Z Fold 2 e o Huawei Mate X2, o Mi Mix Fold é lançamento e um dos celulares mais caros da empresa, com preços a partir de US$ 1,52 mil (quase R$ 8,5 mil na cotação atual). 

Os modelos

O aparelho tem três versões, que saem de fábrica com o Android 10. A primeira, com 12 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento, é vendida por R$ 1,52 mil (R$ 8,5 mil). O modelo intermediário também tem 12 GB de memória RAM, mas o espaço interno é de 512 GB, com preço de R$ 1,647 mil (R$ 9,2 mil).

A bateria tem 5.020 mAh e pode ser carregada completamente em 37 minutos, segundo a Xiaomi.

Por enquanto, o aparelho só é vendido na China. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos