Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.446,99
    +417,54 (+1,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Primeiro carro elétrico da BMW completa 50 anos

A história do carro elétrico no mundo começou há muito tempo, como mostramos em uma reportagem aqui no Canaltech. E uma outra prova disso é que o 1º modelo de uma das marcas que é referência no setor, a BMW, está completando 50 anos em 2022.

Considerado o "pai" do i3, o 1602 nasceu em 1972, às vésperas do início dos Jogos Olímpicos de Munique. "Chamado de Elektro-antrieb, que em tradução livre significa acionamento elétrico, o 1602 laranja brilhante utilizava os recursos mais avançados da sua época", lembrou a marca, em comunicado comemorativo aos 50 anos do lançamento.

Como era o 1º carro elétrico da BMW?

De acordo com a BMW, o 1602 tinha motor elétrico de 32 kW de potência, equivalente a 43 cavalos e, sob o capô, estavam ainda 12 baterias padrão de chumbo-ácido, que pesavam 350 quilos e eram as responsáveis por fornecer energia para acionar o motor elétrico.

BMW 1602 foi lançado há 50 anos, pouco antes dos Jogos Olímpicos de Munique (Imagem: Divulgação/BMW)
BMW 1602 foi lançado há 50 anos, pouco antes dos Jogos Olímpicos de Munique (Imagem: Divulgação/BMW)

Além disso, o 1602 era equipado com um inovador sistema de freios regenerativo, que gerava eletricidade com a força das frenagens e "recarregava" a bateria enquanto andava.

O "pai" do i3 hoje descansa em sua plenitude no acervo da marca e eventualmente é incorporado às exposições no BMW Museum, em Munique. E com um detalhe: em pleno funcionamento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos