Mercado abrirá em 7 h 31 min

Primeira missão tripulada da SpaceX foi o evento online mais assistido da NASA

Daniele Cavalcante

No último sábado (30 de maio), a SpaceX obteve sucesso em seu primeiro lançamento tripulado, ao enviar os astronautas da NASA, Bob Behnken e Doug Hurley, para a Estação Espacial Internacional (ISS). E como prova de que este foi mesmo um marco histórico, a transmissão do evento pela internet atingiu recorde de audiência.

Os EUA não lançavam seus astronautas ao espaço partir de solo estadunidense desde que a NASA cancelou o programa de ônibus espaciais em 2011, e dependia dos foguetes russos Soyuz para enviar tripulações à ISS. No entanto, apesar da importância do evento, a NASA pediu à população para não comparecer ao local devido às medidas de distanciamento social para combater a disseminação do novo coronavírus (SARS-CoV-2)

Então, o mundo acompanhou o lançamento através das transmissões online, realizadas ao vivo nos canais da NASA, da SpaceX e de alguns veículos de comunicação. Foram realizados verdadeiros programas para explicar detalhes da missão - a transmissão da NASA, por exemplo, durou mais de 9 horas. Em seguida, a agência espacial afirmou que o evento bateu um novo recorde de audiência.

O foguete Falcon 9 a menos de dez minutos para o lançamento (Imagem: NASA)

De acordo com a administradora associada de comunicações da NASA, Bettina Inclán, “o pico de visualizações para o lançamento conjunto da NASA e da SpaceX em todas as nossas plataformas foi de pelo menos 10,3 milhões de espectadores simultâneos - o evento mais assistido que já monitoramos”.

Embora este recorde seja impressionante, trata-se do evento mais assistido da NASA através da internet, e não de visualização em todas as mídias. Este número ainda está bem abaixo das 600 milhões de pessoas que assistiram ao pouso da Apollo 11 na Lua, pela televisão, em 20 de julho de 1969. Ainda assim, 10,3 milhões é um número impressionante.

Algumas autoridades norte-americanas, como o vice-presidente Mike Pence, fizeram alguns paralelos entre as missões Apollo e a Demo-2 da SpaceX. Por exemplo, Pence observou que ambas ocasiões ocorreram em tempos de extrema turbulência política no país. Na época do primeiro pouso na Lua, havia protestos contra a Guerra do Vietnã e atentados aos direitos civis. Hoje, além da pandemia da COVID-19, os EUA estão em meio a manifestações políticas envolvendo acusações de abuso policial para cima de minorias sociais.

Fonte: Canaltech