Mercado fechado
  • BOVESPA

    104.466,24
    +3.691,67 (+3,66%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.927,38
    +920,22 (+1,84%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,37
    +1,80 (+2,75%)
     
  • OURO

    1.767,90
    -13,70 (-0,77%)
     
  • BTC-USD

    56.881,82
    -186,54 (-0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.450,10
    +11,22 (+0,78%)
     
  • S&P500

    4.577,10
    +64,06 (+1,42%)
     
  • DOW JONES

    34.639,79
    +617,75 (+1,82%)
     
  • FTSE

    7.129,21
    -39,47 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    16.016,50
    +146,75 (+0,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3802
    -0,0666 (-1,03%)
     

Previsões indicam aumento do gás natural até o fim do ano

·2 min de leitura

De acordo com a última pesquisa da HFI Research, as previsões de tempo para os próximos 10-15 dias apontam para um clima mais frio do que o normal.

Isso pode gerar uma pressão sobre os preços do gás natural, visto que a oferta não está crescendo e os estoques não devem crescer mais este ano, mesmo após uma injeção de 20 bilhões de pés cúbicos (Bcf) na semana passada.

A análise observou que o período de frio pode ser temporário, citando dados de previsão para o Alasca. No entanto, ainda assim seria o suficiente para empurrar os preços para cima enquanto a produção parece estar em declínio.

Para a Energy Information Administration (EIA), o clima será uma das principais variáveis que determinarão o nível de demanda e preços nos próximos períodos.

“Por causa da incerteza em torno da demanda sazonal, esperamos que os preços do gás natural permaneçam voláteis nos próximos meses, com as temperaturas de inverno sendo um dos principais impulsionadores da demanda e dos preços”, informou a EIA.

A previsão da HFI é de que o gás natural chegue a US$ 6 por mmBtu (um milhão de Unidades Térmicas Britânicas) até o fim do ano. Já a EIA prevê um aumento de até US$ 5,53.

Hoje a commodity é negociada a US$ 4,97, com queda de 4,24%. 

Estoques baixos e exportações

A EIA informou na semana passada que o gás natural armazenado estava cerca de 3 % abaixo da média do início de novembro.

Isso não seria motivo de preocupação com relação aos preços se não fosse pelas exportações, cujas expectativas são de recordes. 

Por causa dessa situação, a Energy Information Administration (EIA) disse na semana passada que espera que os preços médios do gás natural cheguem a US $ 5,53 nos próximos meses. 

Em seu último relatório Short-Term Energy Outlook (STEO), a autoridade relatou um preço médio de outubro para o gás de US$ 5,51, em comparação com a média de apenas US$ 3,25 por mmBtu do primeiro semestre de 2021 .

“Esperamos que as temperaturas no inverno, junto com o aumento das exportações de gás natural dos EUA e a produção relativamente estável até março, mantenha os preços do gás natural nos EUA próximos aos níveis recentes antes que surjam pressões de queda nos preços”, informou a EIA em seu relatório.

Produção no fim de ano

Ainda de acordo com a EIA, a produção de gás natural de sete importantes regiões terrestres dos EUA deve aumentar de novembro a dezembro, liderada pelo crescimento de Haynesville Shale.

A produção total de gás natural das bacias da Anadarko, Appalachia e Permian, bem como dos xistos Bakken, Eagle Ford, Haynesville e Niobrara, aumentará cerca de 226 MMcf/d (milhões de pés cúbicos por dia) ao mês até chegar a 89.376 Bcf/d em dezembro.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos