Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.936,83
    +284,27 (+1,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Previsão reforça novo MacBook Air com chip Apple M2 mais veloz

·2 min de leitura

Este ano a Apple enfim conclui a transição dos processadores Intel para os muito eficientes e mais poderosos chips Apple Silicon, projetados e desenvolvidos pela própria empresa. E após a estreia do M1 em 2020 e a chegada do M1 Pro e M1 Max em 2021, a empresa deve apostar na estreia do M2 para o novo MacBook Air.

Segundo Mark Gurman em sua coluna PowerOn, a Apple deve apostar em um chip M2 ‎"marginalmente mais rápido"‎ que o M1, oferecendo 8 núcleos de CPU com 9 ou 10 núcleos de GPU, um salto em relação à GPU de 7 e 8 núcleos do M1.

MacBook Air de 2022 pode mesclar design do MacBook Pro com entalhe no alto do display e iMac com bordas brancas e corpo colorido (Imagem: Reprodução/9to5Mac)
MacBook Air de 2022 pode mesclar design do MacBook Pro com entalhe no alto do display e iMac com bordas brancas e corpo colorido (Imagem: Reprodução/9to5Mac)

O novo processador deve apostar em uma litografia atualizada, passando de 5 nanômetros para o processo de 4 nanômetros da TSMC.

Isso resultaria em um chip ainda mais eficiente, mais veloz e mais poderoso que o Apple M1 do atual MacBook Air, mas ainda menos potente que os extremamente poderosos M1 Pro e M1 Max.

MacBook Air deve manter quantidade de portas com adição do MagSafe (Imagem: Reprodução/Jon Prosser)
MacBook Air deve manter quantidade de portas com adição do MagSafe (Imagem: Reprodução/Jon Prosser)

Enquanto versões ainda mais potentes do M1 Pro e M1 Max são esperadas para equipar novos Mac Pro e iMac Pro no início deste ano, rumores reforçam que o M2 deve chegar com o MacBook Air em meados de 2022.

Em nossa matéria do que esperar da Apple em 2022 destacamos que a Apple deve apresentar um novo Mac Pro com processador de até 40 núcleos de CPU e até 128 núcleos de GPU, informação novamente reforçada por Gurman.

Apple deve usar versões ainda mais poderosos do M1 Pro e M1 Max antes da chegada do M2, prevista para meados do ano (Imagem: Reprodução/Apple)
Apple deve usar versões ainda mais poderosos do M1 Pro e M1 Max antes da chegada do M2, prevista para meados do ano (Imagem: Reprodução/Apple)

Também citamos a chegada dos aguardados óculos de realidade virtual e aumentada da Apple, que deve ser um marco na indústria. Segundo Gurman, o anúncio do produto acontece durante a WWDC 2022, com lançamento ainda desconhecido.

A Apple ainda trabalha em novos iPhone SE com 5G, Apple Watch mais resistente, iPad Pro com MagSafe e iPhone 14 Pro com entalhe em formato circular e Face ID sob o display.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos