Mercado abrirá em 7 h 2 min
  • BOVESPA

    108.714,55
    +2.418,37 (+2,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.833,80
    -55,86 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,86
    +0,10 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.803,50
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    62.514,51
    +429,86 (+0,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.502,13
    +1.259,46 (+518,98%)
     
  • S&P500

    4.566,48
    +21,58 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.741,15
    +64,13 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    26.028,94
    -103,09 (-0,39%)
     
  • NIKKEI

    29.126,77
    +526,36 (+1,84%)
     
  • NASDAQ

    15.575,50
    +79,75 (+0,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4303
    -0,0060 (-0,09%)
     

Prestes a lançar álbum, Elton John adia sua turnê por causa de problemas no quadril

·4 minuto de leitura

Prestes a lançar um novo álbum, Elton John adiou sua turnê de despedida "Farewell Yellow Brick Road", que agora termina em 2023 na Europa, por problemas no quadril. O cantor britânico, de 74 anos, disse que médicos o aconselharam a se operar o mais rápido possível. Elton, que reinou na música pop com rocks e baladas no piano durante cinco décadas, disse que sua tour volta em janeiro de 2022 em Nova Orleans, nos Estados Unidos.

"Ao final de minhas férias de verão cai desajeitadamente sobre uma superfície dura e desde então tenho dor e um desconforto considerável no quadril", disse Elton num comunicado no Twitter e acrescentou: "Apesar de um tratamento intensivo de fisioterapia e de especialistas, a dor seguiu piorando e está provocando dificuldades crescentes de movimentação".

O cantor começou sua turnê de despedida chamada "Farewell Yellow Brick Road" em 2018, prevendo mais de 300 shows em três anos por todo o mundo. Mas o projeto foi frustrado pela pandemia de coronavírus. Nos shows, os fãs poderão ouvir ao vivo novas canções da superestrela do pop britânico. Ele anunciou no início deste mês que em outubro vai lançar um novo álbum intitulado "The Lockdown Sessions", composto durante a pandemia.

"A última coisa que eu esperava fazer durante o confinamento era um álbum. Mas, à medida que a pandemia avançava, surgiram projetos pontuais", explicou Elton John.

O disco, de 16 músicas, será colocado à venda em 22 de outubro. O CD contará com dez canções inéditas, incluindo colaborações com artistas da atualidade como Dua Lipa, Gorillaz, Lil Nas X, Miley Cyrus, Nicki Minaj e Stevie Wonder. A faixa de Elton John com Dua Lipa, “Cold Heart (PNAU Remix)”, já foi lançada no mês passado. A música combina canções clássicas de Elton, como “Sacrifice” e “Rocket Man”, com uma gravação totalmente nova que conta com vocais adicionados da cantora.

“Ter a oportunidade de passar um tempo com Dua Lipa, ainda que remotamente, foi incrível. Ela me deu muita energia e é uma artista e pessoa verdadeiramente maravilhosa, absolutamente cheia de criatividade e ideias. A energia que ela trouxe para ‘Cold Heart’ simplesmente me surpreendeu”, disse Elton John.

O astro veterano já se declarou fã de Dua Lipa e não por acaso ela foi a grande convidada de sua tradicional festa pré-Oscar, realizada este ano de forma virtual em razão da pandemia. Na ocasião, o anfitrião interpretou com a artista britânica a canção “Love Again”, sucesso da cantora. Elton John também foi o convidado de Dua Lipa durante o “Studio 2054”, show virtual de divulgação do álbum “Future Nostalgia”, lançado no ano passado.

"Todas as canções em que trabalhei são verdadeiramente interessantes e variadas, coisas completamente diferentes de como sou conhecido, coisas que me fizeram sair da minha zona de conforto para entrar em um território completamente novo", disse.

Elton é um dos artistas solo mais vendidos de todos os tempos, com um Álbum de Diamante, 40 de Platina ou Multiplatina, 23 de Ouro, mais de 50 Top 40 Hits, e já vendeu mais de 300 milhões de discos em todo o mundo. Ele detém o recorde do single mais vendido de todos os tempos, "Candle in the Wind”, de 1997, que vendeu mais de 33 milhões de cópias.

O álbum “Diamonds, Ultimate Greatest Hits”, alcançou o Top 5 das paradas de álbuns do Reino Unido em seu lançamento, em novembro de 2017, tornando-se o 40º álbum de Elton no Top 40 do país. Este lançamento celebrou os 50 anos de sua parceria com Bernie Taupin, compositor de grande parte de suas músicas.

Em agosto de 2018, Elton foi nomeado como o artista solo masculino de maior sucesso na história da Billboard Hot 100, tendo registrado 67 entradas, incluindo nove Nº 1 e 27 Top 10. Até o momento, Elton já realizou mais de 4 mil apresentações em mais de 80 países, desde o lançamento de sua primeira turnê, em 1970.

Em 2019, também foi lançado “Rocketman” e a autobiografia e best-seller mundial, “ME”. O filme da vida de Elton foi um sucesso comercial e de crítica, arrecadando cerca de US$ 200 milhões nas bilheterias. O longa ganhou um Oscar, dois Globo de Ouro, um Critics’ Choice Award e recebeu indicações ao BAFTA. Sua trilha sonora também foi nomeada para um Grammy.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos