Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.792,30
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    37.827,27
    +881,30 (+2,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Pressões de oferta globais podem estar chegando a pico, mostra índice do Fed de NY

·1 min de leitura
Vista aérea do porto de Los Angeles, na Califórnia

Por Jonnelle Marte

(Reuters) - As pressões historicamente altas nas redes da cadeia de abastecimento global, que contribuíram para a escassez de bens e materiais essenciais e para um aumento da inflação, podem ter atingido seu ápice, de acordo com um novo índice divulgado pelo Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) de Nova York nesta terça-feira.

O Índice de Pressão da Cadeia de Abastecimento Global (GSCPI, na sigla em inglês) disparou no início da pandemia, quando a China impôs medidas de lockdown. As pressões diminuíram com a retomada da produção, mas voltaram a subir durante o inverno (no Hemisfério Norte) de 2020, com o aumento das infecções por Covid-19.

"Mais recentemente, o [índice] parece sugerir que as pressões da cadeia de abastecimento global, embora ainda historicamente altas, atingiram seu pico e podem começar a moderar um pouco daqui para frente", escreveram os pesquisadores em um blog.

O índice é baseado em 27 variáveis, como taxas de envio e custos de frete aéreo entre Estados Unidos, Ásia e Europa. Os pesquisadores descobriram "um crescimento enorme" nos custos de transporte desde o início da recuperação econômica ante as mínimas do início da pandemia. Mas esse crescimento começou a desacelerar nos últimos meses.

O índice, baseado em dados obtidos desde 1997, mostra que as pressões da cadeia de abastecimento global são substancialmente maiores agora do que em tempos de estresse anteriores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos