Mercado abrirá em 8 h 17 min

Presidente da Tunísia anuncia confinamento no país devido a pandemia

Mesquita fechada em Túnis como medida de prevenção contra a expansão do novo coronavírus

O presidente da Tunísia, Kais Saied, anunciou nesta sexta-feira o confinamento no país, que terá início neste domingo, após registrar um aumento do número de infectados pelo novo coronavírus.

O país, que já fechou as fronteiras marítimas, terrestres e aéreas, está submetido desde quarta-feira a um toque de recolher do anoitecer ao amanhecer. A partir de domingo, a população terá que ficar confinada em casa até 4 de abril, exceto os que trabalham em setores essenciais.

A Tunísia, que realizou apenas 690 testes, registrava até hoje 54 casos confirmados e um morto devido ao coronavírus. O presidente defendeu uma solução coordenada em nível internacional no marco das Nações Unidas.