Mercado abrirá em 3 h 26 min
  • BOVESPA

    109.786,30
    +2.407,38 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.736,48
    +469,28 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,37
    +0,46 (+1,02%)
     
  • OURO

    1.811,50
    +6,90 (+0,38%)
     
  • BTC-USD

    19.123,40
    +269,42 (+1,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    378,35
    +8,60 (+2,33%)
     
  • S&P500

    3.635,41
    +57,82 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.046,24
    +454,97 (+1,54%)
     
  • FTSE

    6.436,35
    +4,18 (+0,06%)
     
  • HANG SENG

    26.669,75
    +81,55 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    26.296,86
    +131,27 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.117,00
    +41,00 (+0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4115
    +0,0146 (+0,23%)
     

Presidente do México cogita pedir ajuda da ONU para recuperar artefatos de museus

Por Raul Cortes e Laura Gottesdiener
·1 minuto de leitura

Por Raul Cortes e Laura Gottesdiener

CIDADE DO MÉXICO(Reuters) - O presidente do Méxicos, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta segunda-feira que está cogitando apelar à Organização das Nações Unidas (ONU) em busca de ajuda para conseguir a devolução de artefatos pré-hispânicos mantidos em museus estrangeiros.

"Estou cogitando seriamente apresentar uma iniciativa nas Nações Unidas pela devolução destas peças de herança a seus vilarejos originais", disse López Obrador durante sua coletiva de imprensa matinal.

Ele disse que a exibição dos artefatos em museus europeus é parte de uma "política colonialista".

López Obrador pediu que instituições europeias enviem artefatos pré-hispânicos ao México para que estes sejam exibidos durante eventos que lembrarão o 500º aniversário da queda do império asteca diante da Espanha no ano que vem.

Algumas das instituições ainda não concederam as permissões, expressando receio a respeito de danos no transporte ou da devolução dos artefatos.

(Por Raul Cortes Fernandez e Laura Gottesdiener)