Mercado abrirá em 48 mins
  • BOVESPA

    98.657,65
    +348,53 (+0,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.655,45
    -221,04 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,96
    +0,13 (+0,32%)
     
  • OURO

    1.908,50
    -3,20 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    11.864,91
    +807,90 (+7,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    240,62
    +6,96 (+2,98%)
     
  • S&P500

    3.426,92
    -56,89 (-1,63%)
     
  • DOW JONES

    28.195,42
    -410,89 (-1,44%)
     
  • FTSE

    5.905,37
    +20,72 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    24.569,54
    +27,28 (+0,11%)
     
  • NIKKEI

    23.567,04
    -104,09 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    11.741,75
    +91,50 (+0,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6043
    +0,0054 (+0,08%)
     

Presidente do Galo questiona expulsão de Rafael e diz que vai reclamar na CBF: “Não vamos aceitar”

Antonio Mota
·1 minuto de leitura

O Atlético-MG perdeu para o Santos por 3 a 1, na Vila Belmiro, na última quarta-feira (9), pela 9ª rodada do Brasileirão, em uma partida que ficou marcada, também, pela atuação da arbitragem. Questionado após o jogo, Jorge Sampaoli falou que não comentaria sobre o assunto: “De juiz eu não falo”. O posicionamento do treinador, no entanto, não é o padrão no clube mineiro.

Presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara, não só pensa diferente, como tomou uma decisão mais incisiva sobre a atuação do árbitro da partida – Wagner do Nascimento Magalhães. “Fizemos um formulário de reclamação na CBF, no caso, na comissão de arbitragem, e pedi uma audiência na quarta-feira (16) que vem para a gente conversar sobre isso”, afirmou.

“Não vamos aceitar que o Atlético seja prejudicado no decorrer do campeonato, porque temos convicção de ter condições de brigar pelo título”.completou o cartola.

Durante a live no Instagram, que também contou com o perfil do Estádio Mineirão, Sette Câmara ainda falou sobre a atuação do Atlético e disse que o time poderia ter saído do solo paulista com os três pontos. “Achei que tínhamos tudo para sair com uma vitória de lá. Atlético sufocou até os 20 minutos, até acontecer a infelicidade do passe errado, depois a expulsão do Rafael que não concordei, principalmente vendo com calma as imagens. Fica claro que o jogador do Santos forçou a falta, e nem estava indo em direção ao gol”, finalizou o mandatário.

As informações acima são do GE.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.