Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    48.121,68
    -2.312,99 (-4,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Presidente demite técnico, assume o comando da equipe e vê filho marcar três vezes no estadual; confira

LANCE!
·2 minuto de leitura


Os estaduais brasileiros reservaram mais uma inusitada história para ser contada. No Campeonato Piauiense, o Parnahyba, líder da competição, teve seu técnico, Dejair Ferreira, demitido um dia antes do confronto diante do Flamengo-PI. Sem um novo comandante, o licenciado presidente, Batista Filho, assumiu a equipe e escalou seu filho, decisivo para vitória ao marcar três vezes no triunfo por 3 a 1.
+ Confira a classificação do Campeonato Piauiense

- O mais importante de tudo foi a garra, a determinação, a entrega dentro de campo. Todos realmente sujando o calção, botando a bunda no chão. E é esse o time que eu queria ver. Dentro e também fora de casa. Essa postura de vencedor, quem decide somos nós. Perdemos a gordura (vantagem sobre o vice-líder na tabela), mas vamos, daqui para frente, buscar os três pontos dentro e fora de casa - afirmou Batista Filho em entrevista á Rádio Cidade, de Parnaíba.

Sem treinador desde a última quarta-feira, quando Dejair Ferreira foi demitido, o Parnahayba segue sem um novo técnico.

Interino no cargo, Batista escalou seu filho, Jânio Daniel, no comando de ataque, e o laço familiar deu certo. O camisa 9 abriu o placar de cabeça após cobrança de escanteio, ampliou com uma bela finalização de fora da área, e concluiu o triunfo e seu hat-trick com uma cobrança de pênalti.

- Eu estou mais feliz pela vitória. Independente de ter sido eu ou não, fico feliz. O mais importante é o coletivo. Tivemos essa manutenção da nossa liderança. Quem está no dia a dia sabe o trabalho desse grupo. Fomos massacrados de críticas. A gente sabe que isso acontece porque não fizemos os resultados, mas não podemos colocar em dúvida esse grupo. Ficou claro para todo mundo que o Parnahyba está na briga pelo Campeonato Piauiense - disse o atacante.

O Azulino havia perdido, pela manhã, a liderança do estadual com a vitória do River-PI sobre o Picos, por 3 a 2, no Albertão. A vitória do Parnahyba sobre o Flamengo-PI recolocou a equipe de Batista Filho e Jânio Daniel no topo da competição.