Mercado abrirá em 2 h 44 min
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.867,62
    +338,65 (+0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,07
    -0,28 (-0,46%)
     
  • OURO

    1.788,10
    -5,00 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    54.234,65
    -1.378,21 (-2,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.255,89
    -7,07 (-0,56%)
     
  • S&P500

    4.173,42
    +38,48 (+0,93%)
     
  • DOW JONES

    34.137,31
    +316,01 (+0,93%)
     
  • FTSE

    6.909,99
    +14,70 (+0,21%)
     
  • HANG SENG

    28.755,34
    +133,42 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.188,17
    +679,62 (+2,38%)
     
  • NASDAQ

    13.903,50
    -15,75 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6461
    -0,0559 (-0,83%)
     

Presidente da Turquia visa juros de um dígito

·1 minuto de leitura
Erdogan faz pronunciamento em Ancara

ANCARA (Reuters) - O presidente turco, Tayyip Erdogan, disse nesta quarta-feira que seu governo está determinado a reduzir a inflação para um dígito e também pretende reduzir as taxas de juros para abaixo de 10%.

"Se Deus quiser, ao reduzir as taxas de juros para um dígito, também diminuiremos sua carga no Orçamento", disse Erdogan em discurso aos legisladores do seu Partido AK no parlamento.

A chocante decisão de Erdogan de substituir o presidente do banco central, em 20 de março, desencadeou uma venda volátil da lira, colocando mais pressão de alta sobre a inflação, que ficou acima de 16% no mês passado. O novo presidente do banco deve cortar os juros de 19%.

(Por Ece Toksabay e Tuvan Gumrukcu)