Mercado abrirá em 9 h 43 min
  • BOVESPA

    95.368,76
    -4.236,78 (-4,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.393,71
    -607,60 (-1,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    37,65
    +0,26 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.878,40
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    13.245,73
    +28,44 (+0,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    262,11
    -10,58 (-3,88%)
     
  • S&P500

    3.271,03
    -119,65 (-3,53%)
     
  • DOW JONES

    26.519,95
    -943,24 (-3,43%)
     
  • FTSE

    5.582,80
    -146,19 (-2,55%)
     
  • HANG SENG

    24.375,77
    -333,03 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    23.253,89
    -164,62 (-0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.232,25
    +99,50 (+0,89%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7384
    +0,0040 (+0,06%)
     

Presidente da OAB se aproxima da família Bolsonaro

Ana Paula Ramos
·1 minuto de leitura
Presidente da OAB, Felipe Santa Cruz (Foto: Eugenio Novaes/OAB)
Presidente da OAB, Felipe Santa Cruz (Foto: Eugenio Novaes/OAB)

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, tem se aproximado do senador Flávio Bolsonaro, filho 01 do presidente Jair Bolsonaro. As relações chamam atenção já que, no começo do mandato, Bolsonaro atacou Santa Cruz fazendo referências à memória do pai dele, desaparecido na ditadura militar. O advogado reagiu com uma interpelação no Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo a colunista do O Globo Bela Megale, a aproximação entre Flávio Bolsonaro e Felipe Santa Cruz foi intermediada pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria.

Leia também

O principal assunto entre eles seria o Rio de Janeiro, hoje conduzido pelo governador interino, Cláudio Castro. O objetivo é diminuir a tensão política entre o estado e o governo federal.

Na semana passada, Felipe Santa Cruz divulgou uma nota elogiando a indicação do desembargador Kassio Nunes Marques para o STF. Flávio agradeceu enviando ao advogado uma mensagem de WhatsApp com bandeirinhas do Brasil.

“A OAB não é liderança da oposição. O que a gente quer é debater temas centrais como direitos humanos, meio ambiente e a defesa do estado democrático de direito”, disse Santa Cruz à coluna.