Mercado abrirá em 2 h 52 min
  • BOVESPA

    116.230,12
    +95,66 (+0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.046,58
    +616,83 (+1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,07
    -0,45 (-0,52%)
     
  • OURO

    1.714,60
    -15,90 (-0,92%)
     
  • BTC-USD

    20.130,00
    +195,46 (+0,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,95
    +10,52 (+2,36%)
     
  • S&P500

    3.790,93
    +112,50 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    30.316,32
    +825,43 (+2,80%)
     
  • FTSE

    6.985,12
    -101,34 (-1,43%)
     
  • HANG SENG

    18.087,97
    +1.008,46 (+5,90%)
     
  • NIKKEI

    27.120,53
    +128,32 (+0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.519,75
    -121,00 (-1,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1227
    -0,0452 (-0,87%)
     

Presidente da Indonésia quer que Tesla fabrique carros no país

(Bloomberg) -- A Indonésia quer que a Tesla fabrique carros elétricos em seu território, não apenas baterias, e está disposta a gastar o tempo necessário para convencer Elon Musk a ver o país como mais do que apenas um rico repositório de recursos.

“O que queremos é o carro elétrico, não a bateria. Para a Tesla, queremos que eles construam carros elétricos na Indonésia”, disse o presidente Joko Widodo em entrevista ao editor-chefe da Bloomberg News, John Micklethwait, na quinta feira. “Queremos um enorme ecossistema de carros elétricos.”

Jokowi, como o presidente é conhecido, disse ter expectativas semelhantes para Ford, Hyundai, Toyota e Suzuki, sinalizando sua intenção de buscar investimentos e garantir que a Indonésia não seja relegada apenas a um fornecedor de matéria-prima ou fabricante de componentes na cadeia global de fornecimento de veículos elétricos.

A nação do Sudeste Asiático, que abriga quase um quarto das reservas globais de níquel, emergiu como uma potência produtora nos últimos anos. Isso a torna um destino extremamente atraente para fabricantes de automóveis e baterias, incluindo a Tesla, que procuram materiais para baterias.

“Ainda é uma discussão”, disse Jokowi, quando perguntado sobre o que está impedindo um acordo com a Tesla. “Tudo precisa de tempo. Não quero ser rápido sem resultado. Isso requer uma comunicação intensa e o resultado acontecerá.”

Uma autoridade indonésia disse, em maio, que o país estava marcando uma reunião entre o presidente e Musk para discutir potenciais investimentos. Uma equipe da fabricante pioneira de veículos elétricos também visitou vários locais na Indonésia. Musk disse que estava considerando uma visita que esperava ocorrer em novembro para explorar oportunidades, de acordo com um comunicado do gabinete de Jokowi em maio.

O governo manteve por alguns anos conversas sobre possíveis parcerias com a equipe de Musk, incluindo o desenvolvimento de veículos elétricos com a Tesla e a possibilidade de um local de lançamento de foguetes da SpaceX no país - mas nenhum acordo foi alcançado.

A Indonésia abriga alguns dos maiores depósitos mundiais de cobre, níquel e estanho. Embora a maior parte de sua produção de níquel tenha sido exportada até agora como material intermediário para usinas siderúrgicas na China e outros lugares, o governo de Jokowi agora está interessado em reposicionar o país como um centro de baterias e veículos elétricos.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.