Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    44.859,23
    -2.626,99 (-5,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Presidente da Eletrobras renuncia ao cargo por 'motivos pessoais'

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Brazilian energy company Eletrobras President Wilson Ferreira Junior speaks during the 8th Exame Forum 2016, in Sao Paulo, Brazil on September 30, 2016. / AFP / Miguel SCHINCARIOL        (Photo credit should read MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images)
Wilson Ferreira Junior, presidente da Eletrobras, da empresa brasileira de energia, fala durante o 8º Fórum Exame 2016, em São Paulo, Brasil, em 30 de setembro de 2016. (Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/AFP via Getty Images)

O presidente da Eletrobras (Centrais Elétricas Brasileiras S/A), Wilson Ferreira Junior, renunciou ao cargo informou a companhia na noite deste domingo (24). Segundo comunicado divulgado aos acionistas e ao mercado, a razão teria sido por “motivos pessoais”.

De acordo com a Eletrobras, durante a gestão de Ferreira, os lucros foram históricos. No comunicado da renuncia há um agradecimento ao ex-presidente "por sua reconhecida liderança na reestruturação organizacional e financeira do Sistema Eletrobras durante seu mandato de 4,5 anos".

Durante o mandato, houve redução de custos operacionais com privatizações de distribuidoras e programas de eficiência. Ele é apontado também como responsável por retomar obras atrasadas, simplificar a quantidade de participações acionárias, aprimorar o programa de compliance, padronizar estatutos sociais.

Leia também

Além disso, Ferreira também é visto como principal nome na resolução de questões nos Estados Unidos decorrentes de reflexos da operação Lava Jato. Segundo a empresa, investidores participarão de uma teleconferência nesta segunda-feira (25), às 15h, com a presença de Ferreira.

De acordo com o comunicado, Ferreira ficará no cargo até o dia 5 de março, o que possibilitará a transição para o sucessor. O nome do próximo presidente ainda não foi anunciado.

Eletrobras e privatizações

A estatal é responsável pela operação de cerca de um terço da capacidade de geração e metade da rede de transmissão de energia do Brasil. Em dezembro, após o ministro da Economia, Paulo Guedes, manifestar frustração com a agenda de privatizações, sua pasta divulgou um cronograma prevendo que o governo vai se desfazer de nove empresas federais em 2021 — entre elas está a Eletrobras.

A venda é um dos principais desafios do governo Jair Bolsonaro (sem partido). Tentada desde o governo Michel Temer, a operação sofre resistência do Congresso. A União abriria mão do controle da empresa após um aumento de capital de acionistas do qual o Tesouro Nacional não participaria.