Mercado fechado
  • BOVESPA

    118.811,74
    +1.141,84 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.352,18
    -275,49 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,71
    +0,01 (+0,02%)
     
  • OURO

    1.732,90
    +0,20 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    59.995,59
    +282,01 (+0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.288,55
    -6,03 (-0,47%)
     
  • S&P500

    4.127,99
    -0,81 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    33.745,40
    -55,20 (-0,16%)
     
  • FTSE

    6.889,12
    -26,63 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.453,28
    -245,52 (-0,86%)
     
  • NIKKEI

    29.538,73
    -229,33 (-0,77%)
     
  • NASDAQ

    13.828,25
    +19,50 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8314
    +0,0672 (+0,99%)
     

Presidente do Benfica estipula meta para não demitir Jorge Jesus: classificar à Liga dos Campeões

Extra
·1 minuto de leitura

Depois da queda na Liga Europa, o ambiente piorou para Jorge Jesus no Benfica. Tanto que, segundo o 'A Bola', o presidente da equipe lusitana exigiu um objetivo para que o treinador não seja demitido: classificar a equipe à Liga dos Campeões. Ou seja, é preciso chegar em segundo lugar no Campeonato Português — atualmente as Águias estão em quarto.

O terceiro lugar na Liga ainda dá acesso à terceira fase pré-eliminatória da Liga dos Campeões, mas os encarnados querem evitar essa etapa devido a má experiência vivida nesta temporada, com a queda em casa para o PAOK.

A vaga direta na Liga dos Campeões é a única forma de a SAD encontrar um alívio financeiro tento em vista a próxima temporada. Isso garante entrada mínima de 40 milhões de euros, o que permitirá mudanças no elenco.

Para atingir a meta, os encarnados têm de ultrapassar Braga, que está a quatro pontos de distância, e o Porto a cinco.