Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.610,46
    +81,49 (+0,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,17
    -0,50 (-0,80%)
     
  • OURO

    1.791,20
    +12,80 (+0,72%)
     
  • BTC-USD

    56.223,57
    -8,81 (-0,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.295,79
    +32,83 (+2,60%)
     
  • S&P500

    4.155,07
    +20,13 (+0,49%)
     
  • DOW JONES

    34.010,74
    +189,44 (+0,56%)
     
  • FTSE

    6.910,12
    +50,25 (+0,73%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.795,75
    +1,50 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7006
    -0,0019 (-0,03%)
     

Presidente do BC do Japão oferece visão cautelosa, mas otimista sobre crescimento econômico

·1 minuto de leitura
Presidente do banco central do Japão, Haruhiko Kuroda

TÓQUIO (Reuters) - O presidente do banco central do Japão, Haruhiko Kuroda, ofereceu nesta terça-feira uma visão cautelosamente otimista da economia, dizendo que as economias global e japonesa estão se recuperando dos danos causados pela pandemia do coronavírus graças às medidas agressivas de estímulo econômico.

Em seminário, Kuroda disse que o crescimento econômico do Japão será "claramente positivo" no novo ano fiscal do país, que começa em abril, graças ao sólido comércio global e à demanda doméstica por bens duráveis.

"A economia global está se recuperando, um movimento que também é visto na economia do Japão", disse Kuroda. "A recuperação econômica dos EUA é positiva tanto para o Japão quanto para o crescimento global."

Mas Kuroda enfatizou a determinação do banco em manter seus fortes estímulos e adotar medidas adicionais de flexibilização "sem hesitação" se riscos ameaçarem a recuperação japonesa.

"Vamos monitorar de perto os mercados, bem como os desenvolvimentos econômicos internos e externos, visto que ainda permanecem várias incertezas sobre o impacto da pandemia de Covid-19", disse Kuroda.

O Banco do Japão divulgará novas projeções trimestrais de crescimento econômico e inflação na sua próxima revisão de juros, nos dias 26 e 27 de abril.

(Reportagem de Leika Kihara)