Mercado fechará em 4 h 28 min
  • BOVESPA

    106.746,49
    +383,39 (+0,36%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.450,86
    -263,74 (-0,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,41
    -0,25 (-0,30%)
     
  • OURO

    1.804,20
    +5,40 (+0,30%)
     
  • BTC-USD

    61.383,35
    +2.453,63 (+4,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.475,32
    +55,95 (+3,94%)
     
  • S&P500

    4.584,81
    +33,13 (+0,73%)
     
  • DOW JONES

    35.664,79
    +174,10 (+0,49%)
     
  • FTSE

    7.239,39
    -13,88 (-0,19%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.681,25
    +94,00 (+0,60%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5468
    +0,1221 (+1,90%)
     

Presidente do BC da Turquia diz que política monetária está dura o suficiente, segundo fontes

·2 minuto de leitura
Consumidores fazem compras em mercado de Istanbul, Turquia

Por Nevzat Devranoglu e Ali Kucukgocmen

ANCARA (Reuters) - O presidente do banco central da Turquia disse a investidores na quarta-feira que a política monetária está suficientemente apertada para lidar com a inflação e que espera que as medidas de núcleo da alta dos preços recuem no curto prazo, de acordo com três fontes que participaram de uma teleconferência com o banco.

O banco central surpreendeu os mercados com um corte de juros de 1 ponto percentual no mês passado, levando a lira a mínimas recordes por preocupações em relação à influência do presidente do país, Tayyip Erdogan, na política monetária.

O presidente do banco central, Sahap Kavcioglu, deu sinais "dovish" (inclinados a uma política monetária mais frouxa) na ligação com investidores locais, mas sem uma indicação clara sobre se vê mais afrouxamento à frente, ou quanto, disseram as fontes à Reuters.

Ele acrescentou que o banco não olha apenas para as medidas de núcleo da inflação ao determinar a política monetária, segundo as fontes.

No mês passado, a taxa básica foi reduzida a 18%, enquanto a inflação geral subiu para 19,58% em setembro, deixando os juros reais da Turquia em território negativo.

Depois que a inflação geral subiu acima da taxa de juros em agosto, o banco começou a enfatizar o núcleo "C" da inflação, que também aumentou em setembro, a 16,98%.

Kavcioglu, quarto presidente do banco central turco em menos de três anos, disse na conversa que a política monetária vai garantir uma desinflação o mais rápido possível e levar em conta possíveis riscos, segundo as três fontes, que pediram anonimato.

Duas fontes também disseram que Kavcioglu afirmou ainda que o banco estava implementando uma política monetária dura havia um ano e que o corte do mês passado não mudou isso.

O banco central não comentou imediatamente o que foi falado no encontro. As teleconferências mensais, incluindo outra na quinta-feira com investidores estrangeiros, são fechadas à imprensa.

A meta de inflação do banco central turco é de 5%, mas ela ficou em dois dígitos durante a maior parte dos últimos cinco anos.

(Reportagem adicional de Jonathan Spicer e Ezgi Erkoyun)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos