Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    59.310,16
    +808,25 (+1,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Presidente do BC britânico afirmar estar mais otimista com a economia

William Schomberg
·1 minuto de leitura
Presidente do banco central britânico, Andrew Bailey

Por William Schomberg

LONDRES (Reuters) - O presidente do banco central britânico, Andrew Bailey, afirmou estar mais otimista sobre a economia, "com uma ampla dose de cautela", e que o recente aumento dos juros nos mercados financeiros é consistente com as perspectivas de recuperação das perdas provocadas pela Covid-19.

"Temos visto algum aumento nos juros ao longo do último mês, assim como outros países. Minha avaliação até agora é de que isso é consistente, acho, com a mudança no cenário econômico", disse Bailey à rádio BBC nesta segunda-feira.

As declarações de Bailey contrastam com a mensagem do Banco Central Europeu. O BCE disse na semana passada que vai acelerar a impressão de dinheiro para conter os custos de empréstimos da zona do euro, que podem prejudicar a recuperação.

O Reino Unido saiu na frente com o programa de vacinação mais rápido da Europa, mas Bailey alertou que o efeito Covid-19 é enorme.

O rendimento da dívida de 10 anos do governo britânico era negociado perto de seu nível mais alto desde março. Globalmente os rendimentos de títulos governamentais subiram diante de esperanças de recuperação econômica com a vacinação e o estímulo fiscal de 1,9 trilhão de dólares nos Estados Unidos.

"Estou agora mais positivo mas com uma ampla dose de cautela", disse Bailey à BBC.

(Reportagem adicional de Guy Faulconbridge e Kate Holton)