Mercado abrirá em 3 h 7 min
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,84
    -1,71 (-2,00%)
     
  • OURO

    1.832,10
    -10,50 (-0,57%)
     
  • BTC-USD

    39.110,38
    -2.827,31 (-6,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,58
    -70,69 (-7,10%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.504,82
    -80,19 (-1,06%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.743,00
    -98,00 (-0,66%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1058
    -0,0243 (-0,40%)
     

Cometa Leonard se aproxima da Terra; saiba como observá-lo

·2 min de leitura

Um cometa está se aproximando da Terra — e pode se tornar visível a olho nu nesta semana. Trata-se do cometa Leonard (ou C/2021 A1 (Leonard)), que aparecerá no céu pouco antes do amanhecer. Será que ele repetirá o espetáculo do cometa C/2020 F3 NEOWISE em meados 2020? Este foi um dos mais incríveis da década, mas certamente não será o único visível a olho nu.

Descoberto em janeiro no Observatório do Monte Lemmon, no Arizona, pelo especialista em pesquisa Greg Leonard, o cometa que leva seu nome está prestes a se tornar visível para os que possuem um bom par de binóculos para astronomia, ou telescópios pequenos. Mas não será muito fácil observá-lo, porque ele nascerá ao leste, parto de onde o Sol surge no horizonte.

Como ver o cometa Leonard

Ainda assim, há alguma chance de vê-lo, pois o cometa aparecerá nos primeiros dias de dezembro por volta das 4h30 (horário de Brasília), em direção ao nordeste.

No final de novembro ele esteve mais acima no horizonte, mas, com 8 de magnitude, não foi muito brilhante para que pudéssemos encontrá-lo a olho nu. Por outro lado, nas madrugadas destes primeiros dias de dezembro, pouco antes do amanhecer, ele terá 6.7 de magnitude — quanto menor o número, mais brilhante o objeto.

Posição do cometa Leonard, Lua e Marte no céu do dia 1 de dezembro, às 5h. Os efeitos de iluminação atmosférica foram removidos para melhor visualização dos objetos (Imagem: Reprodução/stellarium.org)
Posição do cometa Leonard, Lua e Marte no céu do dia 1 de dezembro, às 5h. Os efeitos de iluminação atmosférica foram removidos para melhor visualização dos objetos (Imagem: Reprodução/stellarium.org)

Nas próximas manhãs, ele fica cada vez mais brilhante, até chegar à 4 de magnitude, algo previsto para o dia 12 de dezembro. Porém, quanto mais brilhante, mais perto do Sol ele estará, o que prejudica sua observação. No dia 12, por exemplo, o Sol se levantará do horizonte antes do cometa, ofuscando o seu brilho.

Mas não desanime, pois o cometa NEOWISE foi visto ao amanhecer, então ainda há alguma esperança de vermos o Leonard — e sermos presenteados com muitas fotos e vídeos obtidos por astrofotógrafos e astrônomos profissionais e amadores.

Para observar o cometa Leonard, não há como errar: no final das madrugadas de dezembro, basta olhar em direção ao nascer do Sol e, então, um pouco mais para a esquerda, rumo ao nordeste. E há um bônus: Marte também nascerá ao lado do cometa, um pouco acima (e, portanto, antes) do Sol. Será uma aparição interessante deste cometa discreto, que leva 35.000 anos para completar uma volta ao redor da nossa estrela.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos