Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    33.816,88
    +1.298,69 (+3,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Premiação a brasileiros medalhistas de ouro na Olimpíada de Tóquio é a maior da história do COB

·1 minuto de leitura


O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) prometeu uma bolada para os atletas brasileiros que conquistarem a medalha de ouro na Olimpíada de Tóquio. A premiação para quem assumir o topo do pódio é de R$ 250 mil, maior valor pago pela entidade na história dos Jogos. Em comparação com a última Olimpíada, a quantia é sete vezes maior que a paga no Rio-2016, quando o bônus máximo para o atleta atingia o teto de R$ 35 mil.
+ Confira a classificação do Campeonato Brasileiro 2021!

Em esportes individuais, a premiação paga para medalhistas de prata será de R$ 150 mil e pelo bronze, R$ 100 mil. Já em modalidades com equipes de até seis atletas, a repartição de valores varia de acordo com a cor da medalha. Para o topo do pódio, a premiação é de R$ 500 mil. Medalhistas de prata e bronze recebem R$ 300 mil e R$ 200 mil, respectivamente. Nos esportes coletivos, os atletas dividirão os seguintes valores: R$ 750 mil (ouro), R$ 450 mil (prata) e R$ 300 mil (bronze).

Diferente do cenário encontrado na Olimpíada do Rio, quando empresas patrocinadoras bancavam as premiações, o COB confirmou que a verba destinada a atletas são advindos de recursos da organização.

Entretanto, em comparativo com outros países, os medalhistas brasileiros recebem valores inferiores aos de europeus. Para italianos que conquistarem o ouro, por exemplo, o atleta receberá € 180 mil (cerca de R$ 1 milhão). Medalhas de prata e bronze são premiadas com € 90 mil (R$ 540 mil) e € 60 mil (R$ 360 mil), respectivamente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos