Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.131,73 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,63 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -1,53 (-2,86%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -23,70 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    37.134,98
    +116,70 (+0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,26 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +77,00 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,08 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -142,00 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    +0,0791 (+1,25%)
     

Premiê Johnson escolhe consultor de negócios como novo chefe de gabinete

·1 minuto de leitura
Premiê britânico, Boris Johnson, no Parlamento em Londres

LONDRES (Reuters) - O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, indicou Dan Rosenfield, consultor de negócios e ex-autoridade do Tesouro, como novo chefe de gabinete nesta quinta-feira.

Johnson está reformulando sua equipe de conselheiros de alto escalão na esteira da partida dramática de Dominic Cummings no início deste mês. Cummings era visto como a mola propulsora da estratégia de Johnson para o Brexit e muitas outras diretrizes, e sua saída foi vista como uma chance para um recomeço para o líder britânico.

"O primeiro-ministro indicou hoje Dan Rosenfield como seu chefe de gabinete", informou um comunicado do gabinete do premiê. Ele começará a trabalhar em Downing Street no dia 7 de dezembro e assumirá o novo cargo oficialmente em 1º de janeiro de 2021.

Rosenfield deixa a Hakluyt, consultoria estratégica de empresas e investidores onde foi chefe global de clientes corporativos e chefe dos negócios britânicos a partir de 2016, disse o governo.

Ele trabalhou antes no Bank of America como diretor-gerente de negócios de bancos de investimento, e passou mais de uma década trabalhando no Ministério das Finanças, onde serviu como assessor sênior dos ex-ministros Alistair Darling e George Osborne.

(Por William James)

(Reporting by William James; editing by Guy Faulconbridge)