Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.092,46
    +1.424,80 (+1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.855,41
    -376,79 (-0,71%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,60
    +1,17 (+1,37%)
     
  • OURO

    1.843,30
    +30,90 (+1,70%)
     
  • BTC-USD

    41.881,74
    +179,88 (+0,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    994,46
    -0,29 (-0,03%)
     
  • S&P500

    4.567,24
    -9,87 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    35.242,32
    -126,15 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.589,66
    +26,11 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    24.127,85
    +15,07 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    27.467,23
    -790,02 (-2,80%)
     
  • NASDAQ

    15.196,00
    -10,00 (-0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2021
    -0,1050 (-1,66%)
     

Premiê do Japão pede esforços do BC para atingir meta de inflação

·1 min de leitura
Primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - O governo do Japão espera que o banco central mantenha os esforços para alcançar a meta de inflação de 2% e que ambos trabalhem juntos em relação à política econômica, disse o primeiro-ministro, Fumio Kishida, nesta quinta-feira.

"A economia do Japão pode retomar o crescimento saudável garantindo que a política monetária do Banco do Japão e a política fiscal do governo trabalhem juntas", disse Kishida em seminário.

"É por isso que é importante que ambos os lados se comuniquem e se coordenem."

Futuras decisões podem ser influenciadas por acontecimentos na economia global e pela pandemia de Covid-19, completou ele.

"Mas, por enquanto, é importante que ambos os lados coordenem a política com base em um entendimento esboçado em comunicado conjunto de 2013", disse Kishida.

"O documento esclareceu o papel que o governo e o banco central têm em tirar o Japão da deflação, especificando a meta para a alta de preços pela primeira vez.

(Reportagem de Leika Kihara)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos