Mercado fechará em 3 h 35 min

Premiê da Alemanha não vê ameaça de nova crise financeira, diz jornal Handelsblatt

Chanceler alemão, Olaf Scholz, discursa em sessão plenária do Parlamento, em Berlim, Alemanha

FRANKFURT (Reuters) - O premiê da Alemanha, Olaf Scholz, procurou amenizar temores de que o colapso do Silicon Valley Bank e os problemas no Credit Suisse possam desencadear uma nova crise financeira, dizendo que um sistema bancário mais resiliente e uma economia mais forte garantem a segurança dos depósitos.

"Não vejo risco", disse Scholz ao jornal alemão Handelsblatt. “O sistema monetário já não é tão frágil como era antes da crise financeira”, referindo-se aos acontecimentos de 2008 que incluíram o colapso do banco Lehman Brothers.

(Por Christoph Steitz)

((Tradução Redação Brasília)) REUTERS VB IV