Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    34.975,77
    -403,00 (-1,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Prejuízo da CVC cai 92,9% no primeiro trimestre, mesmo com pandemia

·1 minuto de leitura
Sao Paulo, Brazil - feb 03, 2021 - Facade of CVC travel agency at Sao Paulo, Brazil. CVC agency is listed on the stock exchange in Sao Paulo, Brazil
CVC teve redução nos prejuízos e melhora de resultados mesmo durante a pandemia
  • CVC tem prejuízo de R$ 81,4 milhões em abril

  • Resultado representa queda de 92,9% em relação ao mesmo período de 2020

  • Em meio a todas as melhoras, a receita líquida teve queda de 58,2%

Mesmo com o impacto da pandemia da covid-19, a operadora e agência de turismo CVC teve uma redução de 92,9% do prejuízo em nos três primeiros meses do ano, comparado com o mesmo período de 2020. Agora as perdas foram de R$ 81,4 milhões, enquanto no ano passado chegou a R$ 1,151 bilhão no primeiro trimestre. As informações são do Estadão.

Leia também:

Melhora nos resultados

Também houve uma melhora de 92,4% no Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização). A geração operacional de caixa da companhia ficou negativa em R$ 56,403 milhões, enquanto nos três primeiros meses do ano passado ficou negativa em R$ 741,432 milhões.

Outro resultado positivo foi a queda de 79,1% sobre a despesa financeira do primeiro trimestre de 2020, chegando a R$ 10,531 milhões.

Em meio a todas as melhoras, a receita líquida teve queda de 58,2% ao atingir R$ 165,935.