Mercado abrirá em 7 h 26 min

Prejuízo líquido da PDG cresce 13% no trimestre

Chiara Quintão

O prejuízo líquido da incorporadora PDG Realty cresceu 13%, no terceiro trimestre, na comparação anual, para R$ 123,377 milhões. Na mesma comparação, a receita líquida teve queda de 58%, para R$ 35,8 milhões.

As despesas com vendas, gerais e administrativas caíram 42%, para R$ 21,2 milhões. O prejuízo financeiro aumentou 33%, para R$ 106,9 milhões.

A PDG teve vendas líquidas negativas em R$ 8 milhões, ante o indicador positivo de R$ 35 milhões no mesmo período de 2018. Os distratos cresceram 4%, para R$ 49 milhões.

No fim de setembro, a incorporadora tinha dívida líquida de R$ 2,828 bilhões e patrimônio líquido negativo em R$ 4,622 bilhões.

A empresa encerrou o trimestre com banco de terrenos correspondente ao valor geral de vendas (VGV) potencial de R$ 1,5 bilhão.

No relatório de divulgação dos resultados, a PDG informou que vai lançar, em breve, produtos e serviços para o setor imobiliário. Há intenção de gerar receitas recorrentes adicionais para elevar o fluxo de caixa.