Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.335,16
    +573,04 (+0,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Prefeitura do Rio: indicados a nomeações e contratações passarão por procedimento de verificação de integridade

·1 minuto de leitura

A Prefeitura do Rio estabeleceu novos procedimentos para nomeações, designações e contratações para cargos, funções e empregos públicos. De acordo com decreto publicado ontem, que entra em vigor no prazo de 30 dias, os indicados, sejam servidores efetivos ou indivíduos de fora dos quadros, terão que passar por uma avaliação prévia para verificação de integridade. O processo incluirá o preenchimento de formulários e questionários sobre fatos da vida pessoal ou profissional, atual ou passada, que possam ter implicação no desempenho da atividade laboral. Informações adicionais poderão ser solicitadas e deverão ser prestadas por meio de documentos ou videoconferência.

Caso sejam identificadas inconformidades, a Subsecretaria de Integridade Pública, subordinada à Secretaria Municipal de Governo de Integridade Pública (Segovi) e responsável pela condução das análises, recomendará que a contratação, a nomeação ou a designação do agente público não ocorra.

Ainda segundo o decreto, a fim de comprovar integridade, os interessados deverão, além de fornecer dados pessoais, entregar certidões emitidas pelas Justiças Eleitoral, Estadual e Federal, pela Polícia Federal e pelos Tribunais de Contas da União, do Estado e do Município do Rio de Janeiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos