Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.355,43
    -1.335,73 (-2,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Prefeitura de BH vai financiar vacina desenvolvida pela Universidade Federal de Minas Gerais

Eduardo Sorrentino
·1 minuto de leitura
Prefeitura de BH vai financiar vacina desenvolvida pela Universidade Federal de Minas Gerais
Prefeitura de BH vai financiar vacina desenvolvida pela Universidade Federal de Minas Gerais

A prefeitura de Belo Horizonte vai financiar a vacina desenvolvida pela Universidade Federal de Minas Gerais. O valor que deve ser destinado para a produção do imunizante é de cerca de 30 milhões de reais.

O valor vai ser usado para os teste de segunda fase com a vacina da UFMG. O dinheiro vai ser usado para a contratação de empresas terceirizadas, materiais, reagentes e melhorias na estrutura da instituição.

Em julho, a documentação para Anvisa deve começar a ser preparado. A expectativa é que os testes clínicos com a vacina comecem até novembro.

Esses ensaios serão divididos em três fases. A fase 1 para demonstrar a segurança do imunizante, a 2 verifica a taxa e imunização e a fase 3 mostra a eficácia.

A vacina da UFMG é uma das três vacinas brasileiras em testes atualmente. A primeira delas é a ButanVac, feita pelo Instituto Butantan, em São Paulo. A segunda é desenvolvida pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, no interior paulista.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!